sicnot

Perfil

País

SEF desmantela rede que assaltava residências nas zonas centro e norte

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras anunciou hoje que desmantelou uma rede criminosa que assaltava residências, na sequência de uma operação em Viseu, Ovar, Vila Nova de Gaia, Santa Marta de Penaguião e Peso da Régua.

Em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) diz ter detido seis suspeitos, no âmbito de uma operação de cumprimento de mandados judiciais de detenção e de busca, na sequência de uma investigação a uma rede criminosa constituída por cidadãos estrangeiros.

"No âmbito da operação Gazua foram ainda constituídos três arguidos e apreendido dinheiro em elevada quantia, vários objetos de valor, incluindo joias, documentos falsos e várias ferramentas destinadas ao arrombamento", lê-se no comunicado.

Segundo o SEF, esta organização criminosa está relacionada com a chamada "Máfia dos Ladrões em Lei", sendo que o modo de atuação passava por fazer chegar a território nacional "operacionais especializados na abertura de todo o tipo de fechaduras", que entravam nas residências e retiravam todos os objetos de "elevado valor" e dinheiro.

Na operação "Gazua" participaram 40 operacionais do SEF, com a participação da PSP respetiva em cada uma das áreas de execução dos mandados.

Os detidos vão ser presentes a juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal de Lisboa, tendo em vista o interrogatório judicial e a aplicação de medidas de coação.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Parlamento debate uso de animais no circo: as posições do PCP, Bloco e PAN
    2:03
  • ONU analisa proposta do Egito que visa anular decisão de Trump sobre Jerusalém
    1:27

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas está a analisar um projeto de resolução que pretende rejeitar a decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital oficial de Israel. O projeto de resolução, proposto pelo Egito, deverá ser votado amanhã mas vai, seguramente, contar com o voto contra dos Estados Unidos.