sicnot

Perfil

País

Todos os detidos na manifestação dos taxistas vão ser julgados

MIGUEL A. LOPES

Um dos três detidos pela PSP na segunda-feira durante o protesto dos taxistas, na zona do aeroporto de Lisboa, foi libertado esta terça-feira e vai ser julgado em processo sumário a 27 de outubro.

A Procuraria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) adianta que o arguido está também indiciado pelo crime de dano qualificado.

Este terceiro detido durante a manifestação dos taxistas foi presente esta terça-feira ao Ministério Público (MP), tendo ficado em liberdade e notificado para comparecer em tribunal para ser julgado em processo sumário a 27 de outubro.

Na segunda-feira já tinham sido presentes ao MP os outros dois detidos pela PSP, que também foram libertados e vão ser julgados em processo sumário, respetivamente nos dias 20 e 27 de outubro.

Segundo a PGDL, ambos os arguidos estão indiciados pelos crimes de dano qualificado e um deles indiciado ainda pelos crimes de detenção de arma proibida e ofensa à integridade física qualificada.

Durante o protesto dos taxistas, a PSP deteve dois homens junto à Rotunda do Relógio e outro junto ao aeroporto de Lisboa.

Em relação aos detidos na Rotunda do Relógio, fonte oficial da PSP adiantou que um foi detido por ter arremessado alguns objetos contra um carro da polícia e o outro por ter lançado um artefacto pirotécnico contra os agentes.

O outro homem, taxista, foi detido por vandalismo a um carro da Uber.

O protesto dos taxistas, que começou segunda-feira no Parque das Nações ao início da manhã, deveria ter seguido até à Assembleia da República, mas não avançou além da Rotunda do Relógio, onde ocorreram confrontos com a polícia, tendo os manifestantes bloqueado a zona do aeroporto de Lisboa durante mais de 15 horas.

O protesto dos taxistas esteve relacionado com as novas regras para as plataformas eletrónicas como a Uber e a Cabify.

Os taxistas exigem que o número de veículos afetos àquelas plataformas seja limitado à semelhança do que acontece com os táxis.

Os taxistas marcaram um novo protesto para segunda-feira junto ao Palácio de Belém e às câmaras do Porto e de Faro.

Lusa

  • Os efeitos dos incêndios na natureza
    2:46

    País

    Cheias frequentes, erosão dos solos e contaminação dos rios e albufeiras são as previsões unânimes da comunidade científica para os próximos tempos, na sequência dos incêndios florestais. À SIC, o hidrobiólogo Adriano Bordalo Sá e o investigador de recursos florestais Rui Cortes alertam: é necessário começar a tratar da terra queimada o mais rapidamente possível.

  • Número de vítimas mortais dos incêndios sobe para 45

    País

    Uma pessoa que estava internada no Hospital da Prelada, Porto, na sequência dos incêndios do dia 15 nas regiões Centro e Norte, morreu hoje, anunciou a unidade hospitalar, subindo assim para 45 o número de vítimas mortais daqueles fogos.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Achado inédito encontrado na nau de Vasco da Gama naufragada em Omã

    Mundo

    Uma equipa de investigadores afirma ter encontrado, ao largo da costa de Omã, o mais antigo instrumento de navegação alguma vez descoberto. O achado arqueológico é um astrolábio e terá sido localizado no meio do que resta da nau Esmeralda, da frota de Vasco da Gama, naufragada no Oceano Índico em 1503.

    SIC

  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.