sicnot

Perfil

País

CDS-PP marca para hoje debate de atualidade sobre "rutura dos serviços públicos"

MARIO CRUZ/LUSA

O grupo parlamentar do CDS-PP requereu o agendamento de um debate de atualidade hoje na Assembleia da República sobre "a rutura dos serviços públicos: a fatura da agenda das esquerdas", disse à Lusa fonte oficial da bancada.

Os debates de atualidade realizam-se antes da ordem do dia marcada e que hoje começa com uma evocação do XX aniversário da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e prossegue com a discussão de diversas iniciativas, entre projetos de resolução e projetos de lei, e do relatório da comissão do BANIF.

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, tinha afirmado na terça-feira que está a faltar dinheiro em serviços públicos como escolas, hospitais, universidades ou polícias como resultado do que considera ser o modelo de governação socialista.

"Quando há um governo que assenta toda a sua estratégia orçamental num crescimento económico que não acontece porque a receita para que viesse acontecer está profundamente errada, e a prova é que nós temos um crescimento de 0,9 quando a promessa era de 2,4 por cento depois, evidentemente, falta dinheiro para os serviços públicos", disse Assunção Cristas.

"Assistimos há muitos meses ao fenómeno das cativações em força, isso significa que nos serviços públicos falta dinheiro", concluiu, em declarações aos jornalistas em Ribeira Grande, nos Açores.

Entre os projetos de lei hoje em debate na Assembleia da República, serão discutidas uma iniciativa do PCP para o "combate a precariedade, impedindo o recurso a medidas públicas ativas de emprego, para responder a necessidades permanentes dos serviços públicos, empresas e outras entidades".

No mesmo tema, o BE apresenta um projeto de resolução com medidas para "a erradicação dos contratos de emprego inserção como mecanismo de preenchimento de necessidades permanentes, para o reconhecimento de contratos de trabalho e para a fiscalização dos estágios promovidos pelo IEFP".

Os deputados vão ainda apreciar o relatório da comissão Parlamentar de Inquérito ao processo que conduziu à venda e resolução do Banco Internacional do Funchal (BANIF) e discutir projetos de resolução para uma intervenção na Estrada Nacional 2, sobre o cumprimento dos compromissos assumidos pela UNICER no âmbito do projeto PIN em Pedras Salgadas e a valorização do turismo termal do eixo Chaves/Peso da Régua.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17