sicnot

Perfil

País

Residentes de aldeias de S. Pedro do Sul podem retomar atividades diárias

A GNR informou hoje os residentes de três localidades de São Pedro do Sul onde decorrem buscas para encontrar o suspeito dos crimes de Aguiar da Beira que podem retomar as suas atividades.

Na terça-feira, a GNR apelou aos residentes de Candal, Póvoa das Leiras e Coelheira, em S. Pedro do Sul, distrito de Viseu, para se manterem nas residências, sobretudo à noite, enquanto decorriam buscas para localizar o suspeito dos crimes de Aguiar da Beira.

Hoje, a GNR informou em comunicado que todos os residentes daquelas localidades podem regressar às suas atividades diárias, não sendo necessário manter aquelas medidas durante o dia.

"A GNR tem presente no local um forte dispositivo que pretende garantir, em primeiro lugar, a segurança de todos os habitantes", refere o texto.

No comunicado, a GNR adiantou que a Estrada Nacional 326, que faz a ligação entre as localidade de S. Pedro do Sul e Arouca, está aberta ao trânsito.

Contudo, a guarda deixou um apelo para que as pessoas se mantenham atentas, devendo em casos suspeitos ser alertada de imediato a GNR, através do número de telefone 232 467 940 ou do número de emergência 112.

A GNR efetuou buscas no terreno durante a noite, apesar das condições climatéricas adversas, encontrando-se no local cerca de 250 militares da GNR e elementos da Polícia Judiciária.

O dispositivo da GNR no local é composto por militares do Comando Territorial de Viseu, reforçados por militares dos Comandos Territoriais de Aveiro e Guarda e de efetivo da Unidade de Intervenção, nas valências de ordem pública, operações especiais e de cinotécnica.

Um militar e um civil foram assassinados a tiro na terça-feira em Aguiar da Beira, localidade do distrito da Guarda onde também um outro militar e uma civil ficaram feridos com gravidade.

Já na zona de Candal, S. Pedro do Sul, no distrito de Viseu, um outro militar da GNR foi igualmente ferido com uma arma de fogo.

Na sequência do tiroteio em Aguiar da Beira, a GNR montou uma operação policial na zona de São Pedro do Sul, distrito de Viseu.

A mulher baleada hoje em Aguiar da Beira sofreu um traumatismo cranioencefálico grave e encontra-se na unidade de cuidados intensivos.

Lusa

  • Detido um suspeito do crime de Aguiar da Beira
    3:06

    País

    Um dos suspeitos do crime de Aguiar da Beira foi detido perto da Guarda e outro está cercado na zona de São Pedro do Sul, para onde estão mobilizadas todas as forças da autoridade. Os pormenores dos acontecimentos ainda estão por esclarecer, mas sabe-se que tudo terá acontecido na sequência de um assalto. O balanço de vítimas é de dois mortos, um militar da GNR e um civil, e três feridos graves, dois militares da GNR e um civil. A repórter da SIC Patrícia Figueiredo tem estado a acompanhar o desenvolvimento das operações.

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Portugal subiu cinco lugares no Ranking da Liberdade de Imprensa
    1:42

    País

    Portugal está agora na 18 ª posição em 180 países no relatório deste ano dos Repórteres Sem Fronteiras. Esta associação revela que a imprensa portuguesa foi condenada 21 vezes por violação de liberdade de expressão e por difamação pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC