sicnot

Perfil

País

Todos os distritos sob aviso amarelo devido à chuva

Todos os distritos de Portugal estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes, granizo e trovoadas, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em comunicado, o instituto indica que os 18 distritos de Portugal estão sob aviso amarelo entre as 09:00 e as 20:00 de hoje devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes que podem ser de granizo e acompanhados de trovoada.

O aviso amarelo é o terceiro mais grave numa escala de quatro e significa "risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro céu geralmente muito nublado, aguaceiros, que poderão ser pontualmente fortes, de granizo, e acompanhados de trovoada e vento fraco a moderado do quadrante sul, tornando-se fraco a partir do meio da tarde e descida da temperatura máxima, em especial no interior.

No sul prevê-se céu geralmente muito nublado, aguaceiros, sendo mais frequentes a partir do início da tarde e podendo ser acompanhados de trovoada, vento fraco a moderado do quadrante oeste, pequena subida da temperatura mínima e descida da máxima.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 17 e 20 graus Celsius, no Porto entre 16 e 19, em Viana do Castelo entre 13 e 19, em Vila Real e Viseu entre 12 e 17, em Bragança entre 10 e 15, na Guarda entre 10 e 13, em Coimbra entre 15 e 18, em Castelo Branco entre 13 e 18, em Santarém entre 14 e 22, em Évora entre 13 e 19 e em Faro entre 17 e 20.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05