sicnot

Perfil

País

Três detidos e cinco arguidos na operação "2.ª via" da PSP

Três detidos e cinco arguidos é o balanço da operação da PSP, no âmbito de uma investigação sobre corrupção ativa e passiva, que levou à realização de buscas a diversos organismos públicos, em Lisboa, disse à Lusa fonte da PSP.

Em causa, na investigação da PSP, estão crimes de corrupção ativa e passiva, acesso ilegítimo, falsidade informática, favorecimento pessoal, denegação de justiça e prevaricação.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP adianta que os três detidos, com idades entre os 52 e os 61 anos, e os cinco arguidos são também suspeitos dos crimes de associação criminosa, violação de segredo por funcionário e posse de armas proibidas.

Durante a operação, denominada "2.ª Via", a PSP realizou 31 buscas a residências, viaturas e locais onde trabalhavam os suspeitos, designadamente Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), Departamento de Informática da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e divisão de trânsito do Cometlis.

A Polícia realizou também buscas, para obtenção de prova, no Departamento de Gestão Financeira da PSP, na Polícia Municipal de Lisboa, em restaurantes, num 'stand' de automóveis e numa escola de condução.

A PSP apreendeu também diverso material conotado com a prática criminosa, designadamente várias armas de fogo e munições, computadores, telemóveis, material de armazenamento informático, documentação diversa e cerca de 90 mil euros em numerário.

Segundo a página da internet da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, elementos da divisão de trânsito da PSP, funcionários e juristas da ANSR, do IMT e do Automóvel Club de Portugal e advogados dedicavam-se, pelo menos desde 2015, a identificar condutores que tinham sido alvo de contraordenações através do acesso indevido a bases de dados informáticos relacionados com a gestão de autos -- SCOR e SIGA.

A troco de vantagens pecuniárias, eram obtidas decisões favoráveis aos condutores alvo de contraordenações, de modo a eliminarem os dados do seu Registo Nacional de Condutores (RNC) ou a conseguirem segundas vias de cartas de condução.

De acordo com a PSP, os suspeitos beneficiavam de conhecimentos adquiridos nas funções profissionais exercidas.

Um dos suspeitos é funcionário do ACP, tendo o mandado de busca sido executado na sua residência e não nas instalações do Automóvel Club de Portugal, que, entretanto, em comunicado, refere que não foram realizadas "quaisquer buscas às suas instalações" e que "desconhece qualquer diligência relacionada com a referida investigação".

O inquérito da investigação é dirigido por magistrados da 9.ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, tendo a operação sido executada pela PSP, em colaboração com a Unidade de Telecomunicações e Informática da Polícia Judiciária.

A PSP avança ainda que a investigação foi iniciada há cerca de um ano e meio.

Os detidos vão ser presentes na Instância Central de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para primeiro interrogatório judicial.

Lusa

  • Três detidos nas buscas no IMT, PSP e Autoridade Rodoviária

    País

    ​Três pessoas foram hoje detidas no âmbito das buscas às instalações da Divisão de Trânsito da Polícia de Segurança Pública, da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e do Instituto de Mobilidade e Transportes. Em causa estão suspeitas de corrupção, falsificação de documentos relacionados com processos de contraordenação.

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.