sicnot

Perfil

País

Três detidos nas buscas no IMT, PSP e Autoridade Rodoviária

As instalações do IMT estão encerradas

​Três pessoas foram hoje detidas no âmbito das buscas às instalações da Divisão de Trânsito da Polícia de Segurança Pública, da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e do Instituto de Mobilidade e Transportes. Em causa estão suspeitas de corrupção, falsificação de documentos relacionados com processos de contraordenação.

Última atualização às 12:59

Segundo o porta-voz da direção nacional da polícia, um dos detidos é um funcionário civil da própria PSP.

As 31 buscas a residências, instalações e viaturas da PSP estão a decorrer nas instalações de Lisboa da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), Divisão de Trânsito da PSP de Lisboa, Departamento de Gestão Financeira da PSP e Polícia Municipal de Lisboa.

A investigação, que decorre há pelo menos um ano e meio, é da divisão de investigação criminal da PSP de Lisboa, num inquérito da 9ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.

As instalações do IMT na Avenida Elias Garcia estão encerradas e os funcionários foram mandados sair do local.

Com Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.