sicnot

Perfil

País

Associações do táxi recebidas em Belém

ANT\303\223NIO COTRIM

O protesto dos taxistas previsto para segunda-feira frente ao Palácio de Belém, em Lisboa, foi desconvocado. Entretanto, as associações do setor vão ser recebidas esta sexta-feira pelo gabinete do Presidente da República.

Depois dos protestos de segunda-feira que bloquearam durante horas os acessos ao aeroporto, uma nova manifestação estava marcada para o início da próxima semana, em frente ao Palácio de Belém.

Agora, as associações do setor reuniram-se e decidiram unir o discurso
e desconvocar a manifestação.

"Não é o momento adequado para se fazer mais qualquer manifestação, marcha lenta ou concentração", afirmou o presidente da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), Florêncio Almeida, após o encontro com a Federação Portuguesa do Táxi.

Sem protesto, decidiram avançar para um pedido de audiência urgente ao Presidente da República, que já teve resposta.

Os taxistas vão ser recebidos esta sexta-feira às 15:00, por um assessor de Marcelo Rebelo de Sousa.

As associações vão manter o diálogo com o Governo. Exigem que o número de carros disponíveis a operar em Portugal pela Uber e Cabify seja limitado.

No início desta semana, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa defendeu
a criação de uma taxa única para táxis a partir do aeroporto. Os representantes dos taxistas dizem que a intenção não é nova, mas concordam.

Na primeira reunião desde os confrontos de segunda-feira, os representantes dos taxistas admitem que os protestos prejudicaram a imagem do setor, mas garantem que não vão baixar os braços.

  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.