sicnot

Perfil

País

Lisboa quer ser a primeira cidade sem desperdício mas precisa de voluntários

A Câmara Municipal de Lisboa quer ser o primeiro município onde não se desperdiça comida e apresentou esta quinta-feira uma campanha nacional contra o desperdício alimentar, com o objetivo de angariar voluntários e sensibilizar a sociedade civil.

A campanha "Vai onde sobra, leva onde faz falta" vai ser lançada a nível nacional a partir de sábado, véspera do Dia Mundial da Alimentação, em vários suportes.

O objetivo, segundo a autarquia, é aumentar o número de voluntários e garantir a cobertura por inteiro do território do município, através da sua rede de recolha e distribuição de alimentos, e ao mesmo tempo sensibilizar as famílias para as boas práticas alimentares e o combate ao desperdício.

Para se ser voluntário basta dirigir-se a uma das instituições colaborantes ou à própria autarquia, que já tem uma rede de voluntariado organizada.

Na iniciativa participam seis figuras públicas - a fadista Ana Moura, a atriz e apresentadora Cláudia Vieira, o futebolista Eder, o apresentador Júlio Isidro, o ator Lourenço Ortigão e o maestro Vitorino de Almeida.

"Esperamos que o aumento do número de voluntários conseguido com esta campanha contribua, decisivamente, para que Lisboa seja o primeiro município do mundo a combater o desperdício alimentar de forma consistente e integrada a nível de cidade", considerou o comissário municipal de Combate ao Desperdício Alimentar, o vereador João Gonçalves Pereira.

Para provar a importância do projeto, nesta apresentação estiveram o presidente da Câmara, Fernando Medina, vereadores, representantes do Governo, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, da Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e de duas dezenas de instituições e organismos da cidade que colaboram contra o desperdício alimentar, como a Fundação Calouste Gulbenkian, o Exército de Salvação, a Comunidade Vida e Paz, a Reefod, o Banco Alimentar e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, não esteve presente, mas apadrinha o projeto e enviou uma mensagem de apoio, assim como o primeiro-ministro, António Costa, o imã da mesquita de Lisboa, 'sheik' David Munir, e o cardeal patriarca, Manuel Clemente.

Como salientou Fernando Medina, a Rede Alimentar de Lisboa já permitiu o reaproveitamento de mais de dois milhões de refeições gratuitas a cerca de duas mil famílias na cidade de Lisboa.

A Assembleia da República decretou 2016 como o Ano Nacional do Combate ao Desperdício Alimentar.

No domingo, 16 de outubro, assinala-se o Dia Mundial da Alimentação.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17