sicnot

Perfil

País

Trabalhadores não policiais do SEF iniciam hoje greve de dois dias

Os trabalhadores não policiais do SEF iniciam hoje uma greve de dois dias para exigiram um estatuto de carreira, paralisação que vai afetar sobretudo os serviços de documentação, processual e de atendimento ao público.

A greve é convocada pelo Sindicato dos Funcionários do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SINSEF), que admite o possível encerramento dos postos de atendimento ao público e o atraso na emissão de autorizações de residência e de outros documentos de entrada e permanência de estrangeiros em Portugal.

A presidente do sindicato, Manuela Niza Ribeiro, disse à agência Lusa que os trabalhadores não policiais do SEF reivindicam uma carreira específica, exigindo um estatuto de carreira especial.

A sindicalista realçou que atualmente não está em causa aumentos salariais, sendo uma questão que adiada para o orçamento de 2018, mas sim "o reconhecimento da especificidade da carreira", através da criação de um estatuto próprio, como aconteceu com os inspetores do SEF.

Manuela Niza Ribeiro adiantou que atualmente os trabalhadores não policiais estão integrados na carreira geral da função pública, mas, realçou, que "fazem muito mais do que trabalho administrativo".

Segundo o sindicato, os funcionários não policiais do SEF constituem quase metade dos trabalhadores daquele organismo e são responsáveis pela logística, tratamento de informação, análise de dados e pesquisa de segurança que sustentam as decisões de concessão de vistos, nomeadamente dos 'vistos gold'.

A presidente do sindicato afirmou que "o SEF não pode ser confundido e tratado como uma mera polícia de fronteira, mas sim como um serviço multifacetado".

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51