sicnot

Perfil

País

Trabalhadores não policiais do SEF iniciam hoje greve de dois dias

Os trabalhadores não policiais do SEF iniciam hoje uma greve de dois dias para exigiram um estatuto de carreira, paralisação que vai afetar sobretudo os serviços de documentação, processual e de atendimento ao público.

A greve é convocada pelo Sindicato dos Funcionários do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SINSEF), que admite o possível encerramento dos postos de atendimento ao público e o atraso na emissão de autorizações de residência e de outros documentos de entrada e permanência de estrangeiros em Portugal.

A presidente do sindicato, Manuela Niza Ribeiro, disse à agência Lusa que os trabalhadores não policiais do SEF reivindicam uma carreira específica, exigindo um estatuto de carreira especial.

A sindicalista realçou que atualmente não está em causa aumentos salariais, sendo uma questão que adiada para o orçamento de 2018, mas sim "o reconhecimento da especificidade da carreira", através da criação de um estatuto próprio, como aconteceu com os inspetores do SEF.

Manuela Niza Ribeiro adiantou que atualmente os trabalhadores não policiais estão integrados na carreira geral da função pública, mas, realçou, que "fazem muito mais do que trabalho administrativo".

Segundo o sindicato, os funcionários não policiais do SEF constituem quase metade dos trabalhadores daquele organismo e são responsáveis pela logística, tratamento de informação, análise de dados e pesquisa de segurança que sustentam as decisões de concessão de vistos, nomeadamente dos 'vistos gold'.

A presidente do sindicato afirmou que "o SEF não pode ser confundido e tratado como uma mera polícia de fronteira, mas sim como um serviço multifacetado".

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • PSP descentraliza a regularização de armas
    3:55

    País

    A PSP de Bragança percorreu os 12 concelhos do distrito ao encontro dos proprietários de armas com vista à sua regularização. A iniciativa, que pretende evitar a deslocação das pessoas à capital de distrito, teve uma forte adesão.

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.