sicnot

Perfil

País

81% dos enfermeiros do turno da noite aderiu à greve

A adesão à greve dos enfermeiros relativamente ao turno da noite foi de 81% em todo o país, adiantou à agência Lusa Guadalupe Simões, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP).

"A adesão no que diz respeito ao turno da noite, que começou às 00:00 e terminou às 08:00 de hoje, foi de 81% em todo o país", disse à Lusa Guadalupe Simões, remetendo para mais tarde dados sobre o turno da manhã.

De acordo com o SEP, na quinta-feira, primeiro dia de paralisação, a adesão dos enfermeiros situou-se, no período da manhã, entre os 72% e os 75% nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Os enfermeiros lutam pela aplicação efetiva das 35 horas de trabalho semanais para todos os enfermeiros, pela admissão de mais profissionais, pelo descongelamento das carreiras e pela reposição do valor integral das horas de qualidade e o descongelamento das carreiras.

A greve, que começou às 08:00 de quinta-feira, termina hoje nos centros de saúde, mas nos hospitais será mais cedo, com o final do turno da manhã.

Lusa

  • Greve dos enfermeiros em Lisboa
    1:55

    País

    Os enfermeiros estão hoje e amanhã em greve. Exigem a reposição das 35 horas de trabalho para todos os profissionais e a contratação de mais pessoas. O sindicato diz que a adesão ronda os 75%. A SIC foi ver os efeitos da paralisação em Lisboa.

  • Greve dos enfermeiros no Algarve
    2:23

    País

    A greve dos enfermeiros no Algarve afetou, sobretudo, cirurgias e internamentos. Nas consultas e nos tratamentos de ambulatório, a greve quase não se notou.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.