sicnot

Perfil

País

Portugal quer resposta do Iraque sobre levantamento de imunidade na próxima semana

NUNO VEIGA

O Governo português defendeu esta sexta-feira que as autoridades iraquianas devem enviar, até ao final da próxima semana, uma resposta formal ao pedido de levantamento da imunidade diplomática dos filhos do embaixador do Iraque.

A posição do executivo foi transmitida em reuniões ocorridas no Ministério dos Negócios Estrangeiros com uma delegação iraquiana, nas passadas segunda e terça-feira, lê-se num comunicado hoje divulgado pelo Palácio das Necessidades.

"Na sequência do pedido de levantamento da imunidade diplomática resultante do inquérito aos incidentes ocorridos em Ponte de Sor no passado mês de agosto e da reunião havida em Nova Iorque entre os ministros dos Negócios Estrangeiros dos dois países, foi igualmente tratada esta questão", adianta a nota do Ministério.

Durante os encontros, as autoridades iraquianas "receberam toda a informação solicitada sobre o quadro jurídico aplicável e comprometeram-se a responder formalmente" ao pedido de Portugal "nos próximos dias", refere a mesma nota.

"A parte portuguesa entende que a resposta formal terá de ser enviada até final da próxima semana", defende o Governo.

Segundo o comunicado do Ministério liderado por Augusto Santos Silva, a agenda da reunião foi "abrangente", tendo sido abordadas "as várias facetas das relações bilaterais, as relações União Europeia-Iraque e ainda outros temas da agenda regional e internacional".

Portugal pediu, a 25 de agosto, o levantamento da imunidade diplomática dos filhos do embaixador do Iraque em Portugal, na sequência das agressões a um jovem de Ponte de Sor, e solicitou, no início de setembro, urgência na resposta das autoridades iraquianas, que responderam que o farão "no tempo adequado".

Num encontro realizado à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, no dia 23 de setembro, o chefe da diplomacia iraquiana garantiu a Santos Silva que o seu país não se oporá a "qualquer exigência da lei para que a investigação possa ser concluída".

Lusa

  • Bruno de Carvalho suspenso por mais 90 dias

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi suspenso por 90 dias na sequência de declarações proferidas numa entrevista televisiva em março, anunciou esta terça-feira o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

  • Benfica critica castigo de Samaris e vai recorrer

    Desporto

    O Benfica reagiu esta terça-feira ao castigo de três jogos aplicado ao grego Andreas Samaris, considerando que a decisão, da qual vai recorrer, é prova de que o futebol português está "entregue à instabilidade, à incoerência e à insegurança".

  • "Álvaro" viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito
    5:06
  • Governo disposto a ceder a algumas reivindicações dos enfermeiros
    1:58

    Economia

    Os enfermeiros ameaçam voltar à greve se o Governo não lhes der um subsídio no valor de 400 euros. Esta terça-feira o Governo esteve reunido com dois dos quatro sindicatos. O Ministério diz estar disposto a ceder a algumas reivindicações, mas o ministro da Saúde fez saber que o aumento de 400 euros é incomportável. 

  • Como fazer fotos e vídeos menos tremidos
    8:43
  • "As autárquicas deviam estar menos contaminadas pelo Orçamento"
    7:55
  • Viajar a 110 km/h agarrado ao para-brisas de um comboio

    Mundo

    Um homem de 23 anos foi detido por viajar preso a um comboio - mais concretamente ao limpa para-brisas -, que atinge velocidades perto dos 110 quilómetros por hora, numa viagem entre as estações de Leederville e Glendalough, na Austrália.

  • Rapper quer provar que a terra é plana

    Mundo

    O rapper B.o.B. lançou uma campanha na plataforma GoFundMe para enviar satélites que possam comprovar que a Terra é redonda e azul. No ano passado, o norte-americano defendeu nas redes sociais que o planeta é plano.