sicnot

Perfil

País

Abstenção atingiu os 59,1%, valor mais alto de sempre

M\303\201RIO CRUZ

A abstenção atingiu este domingo 59,16% nas eleições regionais dos Açores, um recorde absoluto nestes sufrágios, superando os 53,34% de abstenção em 2008, que era até agora o valor mais elevado.

Dos 228.160 inscritos, este domingo apenas foram às urnas 93.189 eleitores e 134.971 abstiveram-se. Nas eleições de 2012, a abstenção situou-se nos 52,14%, com 117.371 eleitores dos 225.127 inscritos a optarem por não votar.

A mais alta taxa de abstenção de sempre nas regionais açorianas tinha-se registado em 2008, quando 53,34% dos eleitores, 192.943, não foram às urnas.

Em 2004, a abstenção foi mais baixa, de 44%, 85.571 eleitores, e, nas eleições de 2000, foi de 46,7%.

A taxa mais alta de participação registou-se nas eleições de 1980, com uma abstenção de apenas 22,9%.

Quatro anos depois, em 1984, a abstenção subiu para 37,6%, representando 64.389 eleitores. O número de abstencionistas voltou a subir em 1988, para 74.165, uma percentagem de 41,1%.

Nas eleições de 1992, a taxa de abstenção foi de 37,8%, 69.454 eleitores, e nas regionais de 1996 esta taxa passou a barreira dos 40%, quando 78.184 eleitores não foram votar.

As primeiras eleições regionais, em 1976, já tinham registado uma taxa alta de abstenção, de 32%, representando 52.851 eleitores em 162.677 inscritos.

Lusa

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.