sicnot

Perfil

País

Mau tempo obriga a desvio de uma dezena de voos no aeroporto da Madeira

A chuva e o vento forte levaram o Instituto Português do Mar e da Atmosfera a colocar a maior parte da ilha da Madeira sob aviso laranja, o segundo mais grave.

Alguns dos voos foram reprogramados para amanhã à tarde, já que não se prevê uma melhoria do estado do tempo antes do meio-dia de amanhã, segunda-feira.

O mau tempo na Madeira provocou também, esta manhã, uma derrocada na zona do Curral das Freiras, no concelho de Câmara de Lobos.

No continente, há cinco distritos sob aviso amarelo por causa da chuva: Aveiro, Coimbra, Viseu, Guarda e Castelo Branco.

  • Passageiros continuam à espera no aeroporto da Madeira
    1:23

    País

    O mau tempo na madeira já levou ao cancelamento ou desvio para outros aeroportos de cerca de uma dezena de voos. Muitos passageiros continuam à espera dos seus voos. Paulo Figueira está no aeroporto do Funchal, onde falou com alguns destes passageiros.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.