sicnot

Perfil

País

Suspeito do tiroteio em Aguiar da Beira terá assaltado casa em Arouca

O homem mais procurado de Portugal terá sido avistado. Pedro João Dias suspeito da morte de duas pessoas em Aguiar da Beira terá assaltado uma casa na freguesia de Moldes - a cerca de 3 quilómetros do centro de Arouca - agredindo um casal de idosos e roubando o seu carro.

A GNR montou um cerco às estradas da zona à procura do Opel Astra branco, no qual Pedro Dias terá fugido

Seis dias depois dos homicídios, sabe-se agora que o alerta foi dado pelo militar baleado, que sobreviveu. António Ferreira já teve entretanto alta hospitalar.

"Todas as opções estão em aberto, mas há fortes suspeitas que seja o mesmo indivíduo que anda a monte", disse o tenente-coronel Vendas Alves, da GNR de Aveiro, à Lusa, adiantando que o casal de idosos identificou o agressor como sendo o presumível homicida.

O caso ocorreu cerca das 13:30, quando os idosos se preparavam para sair de sua casa, em Moldes, para almoçar com o filho.

"Eles foram abordados pelo presumível homicida que os amarrou e amordaçou e ficou-lhes com a viatura, fugindo do local", disse o mesmo responsável.

Face à demora dos pais, o filho alertou por volta das 15:30 a GNR, que se deslocou ao local e encontrou as vítimas manietadas.

O mesmo responsável não divulgou os dados da viatura que foi furtada, adiantando que as autoridades estão no terreno a tentar localizar e intercetar o veículo.

A GNR cessou na passada quarta-feira as buscas que estava a realizar entre São Pedro do Sul (distrito de Viseu) e Arouca (distrito de Aveiro) para encontrar o suspeito, mantendo no terreno as patrulhas de policiamento de proximidade.

Um militar e um civil foram assassinados a tiro na madrugada do dia 11 de outubro em Aguiar da Beira, no distrito da Guarda, onde também um outro militar e uma civil ficaram feridos com gravidade.

Já durante a tarde, na zona de Candal, um outro militar da GNR foi também ferido com uma arma de fogo.

Com Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.