sicnot

Perfil

País

GNR reforça vigilância e revistas em Vila Real

GNR reforça vigilância e revistas em Vila Real

As autoridades montaram um cerco em Vila Real para encontrar o suspeito dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias terá sido avistado ontem em Arouca.

A GNR montou uma operação no distrito de Vila Real onde pede aos condutores que parem os carros para que os possam inspecionar. Outras operações do mesmo género estão a decorrer em Aveiro, Viseu e Guarda. O repórter da SIC Frederico Correia fez o ponto de situação.

O suspeito foi avistado no domingo por uma patrulha da Guarda na zona industrial de Vila Real e na aldeia de Constantim, horas e cerca de 100 quilómetros depois de alegadamente ter roubado um carro em Arouca.

Populares contaram que o presumível homicida terá passado por uma rua central de Constantim, onde teve de parar atrás de um carro que fazia manobras de estacionamento.

O condutor desviou-se para deixar passar o carro branco alegadamente roubado em Arouca e, numa segunda tentativa de estacionamento, o condutor de Constantim acabou por impedir também a passagem dos militares da GNR.

De imediato a GNR montou uma operação de busca pelo homem, com dezenas de militares, ainda agentes da PSP e elementos da PJ, no terreno.

Logo depois, alguns populares ligaram para as autoridades a dar conta de avistamentos do alegado homicida, nomeadamente nas aldeias de Carro Queimado ou São Cibrão.

Horas antes, a GNR afirmara que um homem, que tudo indica ser o suspeito dos crimes de Aguiar da Beira, tinha sequestrado um casal de idosos numa residência em Moldes, Arouca (distrito de Aveiro) e roubara a viatura de um deles, pondo-se em fuga.

A GNR está focada na zona de Vila Real, mas continua a exercer ações também nos distritos limítrofes, tanto a norte como a sul.

Com Lusa

  • Suspeito de Aguiar da Beira roubou um carro e agrediu mulher em Arouca
    1:13

    País

    O alegado homicida de Aguiar da Beira foi avistado este domingo, em Arouca. O homem invadiu uma casa por voltas das duas da tarde em Moldes, amarrou e vendou a proprietária e um vizinho. Pedro Dias conseguiu depois fugir num carro roubado e, neste momento, continua a monte. Está montada uma operação de caça ao homem, estendida a Vila Real, onde foi visto o carro roubado.

  • Autoridades apertam o cerco em Vila Real
    2:38

    País

    As buscas pelo suspeito dos crimes de Aguiar da Beira continuam focadas no distrito de Vila Real e localidades limítrofes. A GNR mantém-se posicionada em pontos estratégicos, também com o objetivo de garantir a segurança das populações. Ao início da manhã, o repórter da SIC Frederico Correia fez o ponto de situação.

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.