sicnot

Perfil

País

Chefe do Exército está preocupado com imagem dos Comandos

Chefe do Exército está preocupado com imagem dos Comandos

O chefe do Estado-Maior do Exército diz que está preocupado com a imagem dos Comandos, depois da morte de dois recrutas no início de setembro. O general Rovisco Duarte garante que todas as responsabilidades estão a ser apuradas, mas ainda não sabe quando estará concluído o inquérito interno ao caso.

  • Marcelo promete resultados nas investigações à morte dos comandos
    1:57

    País

    Numa alusão directa às mortes no curso dos comandos, Marcelo Rebelo de Sousa garante que o chefe de Estado, o Governo e as chefias militares tudo farão para apurar o que tiver de ser apurado. Numa tarde agitada, o Presidente da República entregou as espadas aos novos oficiais, visitou a Liga dos Combatentes e uma mercearia social.

  • Investigação à morte de dois comandos sem arguidos ou suspeitos
    1:45

    País

    O Exército refere em comunicado, divulgado esta segunda-feira, que não há militares constuídos arguidos, nem suspensos depois da morte de dois militares do curso de comandos, no início do mês, em Alcochete. O Exército refere ainda que pediu ao INEM e aos hospitais os relatórios da assistência prestada aos dois militares mortos e que solicitará também os relatórios das autópsias.

  • Mais nove militares desistem do curso de comandos

    País

    O Exército anunciou esta segunda-feira que mais 9 militares desistiram do curso de comandos, que ficou marcado pela morte de dois instruendos e que esteve suspenso durante uma semana. Dos 67 formandos que iniciaram o 127º Curso de Comandos, apenas prosseguem 30.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.