sicnot

Perfil

País

Autoridades concentram atenções em Assento e Constantim

Autoridades concentram atenções em Assento e Constantim

Continua a caça ao homem no distrito de Vila Real, em busca do presumível homicida de Aguiar da Beira. A ação das autoridades é hoje mais discreta, como relata a jornalista da SIC Manuela Carneiro, na aldeia de Constantim, onde o suspeito foi avistado.

As buscas concentraram-se ontem, entre as aldeias de Assento e Constantim onde Pedro Dias terá sido visto.

Ontem, com cair da noite e com a chuva intensa, as autoridades acabaram por desmobilizar. Ainda assim, existe patrulhamento na zona.

A Polícia Judiciária, que está a coordenar as operações, acredita que se deve aliviar a pressão sobre o suspeito uma vez que a liberdade e discrição poderão ser mais eficazes na captura do presumível homicida.

  • Suspeito de Aguiar da Beira poderá estar ferido
    2:18

    País

    Pedro Dias, o alegado homicida de Aguiar da beira, está em fuga há uma semana. Duas testemunhas dizem ter visto o suspeito esta terça-feira na localidade de Assento, onde se concentram agora as buscas da GNR e da Polícia Judiciária. Pedro Dias terá dormido num casebre na aldeia, perto do local onde foi encontrada a viatura roubada com que fugia. No carro roubado, as autoridades encontraram umas calças com sangue, levando a polícia a acreditar que o suspeito está ferido.

  • Suécia conquista primeira vitória no Mundial frente à República da Coreia (1-0)

    Mundial 2018 / Suécia

    Depois de uma ausência de 12 anos nos campeonatos do mundo, a Suécia volta e começa a ganhar. Um penálti de Andreas Granqvist aos 65 minutos garantiu a vitória frente à República da Coreia na fase de grupos do Mundial. As equipas jogam pelo grupo F, onde também estão a Alemanha e o México. Veja aqui o golo e os lances da partida.

  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.