sicnot

Perfil

País

Autoridades concentram atenções em Assento e Constantim

Autoridades concentram atenções em Assento e Constantim

Continua a caça ao homem no distrito de Vila Real, em busca do presumível homicida de Aguiar da Beira. A ação das autoridades é hoje mais discreta, como relata a jornalista da SIC Manuela Carneiro, na aldeia de Constantim, onde o suspeito foi avistado.

As buscas concentraram-se ontem, entre as aldeias de Assento e Constantim onde Pedro Dias terá sido visto.

Ontem, com cair da noite e com a chuva intensa, as autoridades acabaram por desmobilizar. Ainda assim, existe patrulhamento na zona.

A Polícia Judiciária, que está a coordenar as operações, acredita que se deve aliviar a pressão sobre o suspeito uma vez que a liberdade e discrição poderão ser mais eficazes na captura do presumível homicida.

  • Suspeito de Aguiar da Beira poderá estar ferido
    2:18

    País

    Pedro Dias, o alegado homicida de Aguiar da beira, está em fuga há uma semana. Duas testemunhas dizem ter visto o suspeito esta terça-feira na localidade de Assento, onde se concentram agora as buscas da GNR e da Polícia Judiciária. Pedro Dias terá dormido num casebre na aldeia, perto do local onde foi encontrada a viatura roubada com que fugia. No carro roubado, as autoridades encontraram umas calças com sangue, levando a polícia a acreditar que o suspeito está ferido.

  • 10 Minutos com Ana Catarina Mendes
    10:28

    10 Minutos

    A secretária geral adjunta do PS diz que não percebe porque é que o PSD levou tanto tempo a escolher o candidato à Câmara de Lisboa. Em entrevista no 10 Minutos da SIC Noticias, Ana Catarina Mendes considerou ainda que Pedro Passos Coelho não tem estado à altura de um líder da oposição. Quanto às legislativas, entende que o PS deve concorrer sozinho às eleições.

    Entrevista na íntegra

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.