sicnot

Perfil

País

Buscas para encontrar turista desaparecida nos Açores foram suspensas

Ilha das Flores, Açores

Google Maps

As buscas para encontrar uma turista desaparecida na terça-feira no mar da ilha das Flores, nos Açores, foram esta quarta-feira suspensas às 19:20 locais (mais uma hora em Lisboa), disse o capitão do porto de Santa Cruz das Flores.

Segundo Rafael da Silva, as buscas vão ser retomadas às 08:00 de quinta-feira, sendo que na parte da manhã vai estar no mar uma embarcação da Autoridade Marítima e, da parte da tarde, "uma embarcação dos Bombeiros Voluntários das Lajes das Flores, partindo do princípio que há condições de mar".

"Por terra, mantemos as patrulhas apeadas, por elementos da Polícia Marítima e bombeiros", adiantou o responsável.

O alerta para o desaparecimento da turista, na Fajã Grande, foi dado por um familiar às 15:20 de terça-feira.

"Foi contactado o 112, que informou o Centro de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada. Começámos a deslocar meios e às 15:45 chegámos à área de busca", referiu Rafael da Silva.

O capitão do porto de Santa Cruz das Flores salientou que este "incidente resulta de um comportamento perigoso, em concreto a entrada no mar quando este se encontrava muito alteroso", com quatro metros de vaga.

Rafael da Silva apelou a um "extremo cuidado com o mar", referindo que se aproxima o inverno, "com tempo tempestuoso, vento forte, agitação marítima muito significativa", pedindo às pessoas que evitem frequentar zonas na orla costeira.

Lusa

  • Europa num clima de tensão parecido ao dos anos que antecederam a 2.ª Guerra Mundial
    2:18

    Mundo

    O populismo e a demonização do outro estão a conduzir a Europa a um clima de tensão semelhante ao dos anos que antecederam a 2.ª Guerra mundial. A conclusão é do relatório anual da Amnistia internacional, que denuncia ainda que 2016 foi um ano de "implacável miséria e medo" para milhões de pessoas. Embalados pelo discurso do medo, vários governos recuaram nos direitos humanos.