sicnot

Perfil

País

Lince-ibérico Kentaro encontrado atropelado

Kentaro, um lince ibérico nascido em 2013 no Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico em Silves, foi encontrado atropelado no concelho da Maia a 15 de outubro, anunciou hoje o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

ICNF


Kentaro tinha sido libertado em dezembro de 2014 nos Montes de Toledo, no centro de Espanha, no âmbito do projeto Life "Recuperação da Distribuição Histórica do Lince Ibérico (Lynx pardinus)" em Espanha e Portugal.

Os dados da sua coleira com GPS indicaram todo o trajecto que foi fazendo ao longo da sua vida em liberdade: esteve no norte da Península Ibérica, atravessou a cordilheira cantábrica e entrou em Portugal pela Serra de Montesinho em agosto do ano passado.

Segundo o comunicado do ICNF, "a última emissão da sua coleira GPS indicava que se encontrava em Ourense a 367 km, em linha reta, do local de solta, tendo percorrido 2410 km".

"Desde março que a sua localização era desconhecida, ficando agora a saber-se que terá feito, pelo menos, mais de uma centena de quilómetros em território nacional até ao local do atropelamento", relata o Instituto concluindo que o atropelamento rodoviário é hoje "a maior causa de morte" do lince-ibérico.

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32