sicnot

Perfil

País

Maior reserva portuguesa de veados está a ser pilhada pela caça clandestina

© Dylan Martinez / Reuters

A maior reserva portuguesa de veados, a Zona Nacional de Caça da Lombada, no Parque Natural de Montesinho, em Bragança, está a ser pilhada pela caça clandestina, denunciaram entidades ligadas ao setor, que reclamam mudanças na gestão.

O presidente da Câmara de Bragança, Hernâni Dias, garantiu à Lusa que vai voltar a colocar a questão ao secretário de Estado adjunto do Ambiente, na abertura da feira Norcaça, Norpesca e Norcastanha, que decorre, em Bragança, entre 27 e 30 de outubro.

O autarca social-democrata adiantou que esta questão se arrasta há anos e é do conhecimento de vários governos, mas continua sem solução e a impedir o retorno para o território do potencial existente a nível cinegético e turístico.

"Em termos de riqueza cinegética a Lombada é um diamante por poluir", segundo Júlio de Carvalho, um nome ligada à caça na região e autor da Lei da Caça em vigor em Portugal.

Segundo explicaram, a Zona de Caça da Lombada foi criada há cerca de três décadas e tem a gestão pública do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), encontrando-se no território do Parque Natural de Montesinho.

O que se passa neste espaço cinegético é comparado pelos interlocutores "à degradação das casas abrigo do Parque Natural de Montesinho", que durante anos enchiam-se de turistas, principalmente no inverno, e agora encontram-se ao abandono e vandalizadas.

Queixam-se de que falta fiscalização e reclamam uma mudança de gestão com a participação da Câmara, junta de freguesia, organizações e caçadores locais para esta zona essencialmente da chamada caça grossa.

"Há um problema que é da caça clandestina que abate a esmagadora maioria dos efetivos que lá existem e isso traduz-se obviamente numa perda", apontou o presidente da Câmara.

Para o autarca, "se tudo funcionasse de uma forma normal e houvesse uma exploração correta daquela zona de caça, o número de animais que seriam batidos de forma legal teriam um retorno financeiro" para o território.

Hernâni Dias apontou o exemplo da Serra da Culebra, em Espanha, ao lado da Lombada, "que tem efetivamente um retorno financeiro muito grande e tem também, sob o ponto de vista turístico, esse efeito positivo".

"Era isso que nós gostaríamos que acontecesse aqui", vincou.

O autarca salientou que "na Zona de Caça da Lombada é onde existe o maior efetivo de veados do país" e pergunta: "onde é que eles estão, quem é que os abate, quem os consome?"

"Se não existe (fiscalização) é normal que as pessoas enveredem pelo caminho da clandestinidade e abatam os animais que deveriam ser abatidos de forma legal e que teriam um impacto financeiro para a entidade gestora", observou.

As autoridades locais acreditam que com uma gestão diferente, a Lombada podia "trazer gente de fora", caçadores e as suas famílias, que se instalariam nos hotéis, nas casas de turismo rural, nos alojamentos locais.

Mas, também na perspetiva turística são apontados problemas, com críticas ao facto de só ser permitida a caça ao domingo naquela zona, o que não é considerado atrativo para potenciais caçadores e visitantes se deslocarem e ficarem na região ao fim de semana.

"É necessário que aquela zona de caça tenha uma atenção especial por parte das entidades gestoras para que possamos ter uma zona de caça devidamente gerida para que resultem benefícios para todos", defendeu o presidente da Câmara de Bragança.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • O edifício mais longo do mundo

    Mundo

    Se pensa que já viu tudo em relação aos edifícios mais longos e complexos do mundo, pense duas vezes. O edifício mais longo do mundo pode estar prestes a chegar e promete fazer de Nova Iorque uma cidade ainda mais atrativa.