sicnot

Perfil

País

Moreira da Silva diz que procurará honrar Portugal nas novas funções na OCDE

(Arquivo)

ANT\303\223NIO COTRIM

O ex-ministro Jorge Moreira da Silva disse esta quarta-feira que procurará honrar Portugal nas funções que irá assumir como diretor da Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE, sublinhando que prosseguirá o propósito de servir o interesse público.

"Procurarei honrar Portugal nestas novas funções", lê-se num comunicado de Jorge Moreira da Silva sobre a sua nomeação para o cargo de diretor da Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), que assumirá a 1 de novembro.

Sublinhando estar " muito satisfeito com esta decisão da OCDE e com a possibilidade de voltar a participar ativamente, a nível internacional, nas políticas de desenvolvimento e cooperação, proteção ambiental e combate à pobreza", Moreira da Silva refere que, dada a incompatibilidade de funções, resignará às funções de deputado e de vice-presidente do PSD a 31 de outubro.

"Sinto-me muito honrado por ter colaborado de forma muito próxima, tanto no PSD como no Governo, no projeto liderado por Pedro Passos Coelho, por quem tenho uma grande admiração e em quem deposito as minhas maiores esperanças", sublinha o antigo ministro do Ambiente no Governo de maioria PSD/CDS-PP liderado pelo atual presidente social-democrata.

Agora, diz Moreira da Silva, prosseguirá "noutras funções o propósito de servir o interesse público, numa opção que é aliás consistente com todo o percurso de serviço público, tanto nacional como internacional" a que dedicou nos últimos 20 anos.

No comunicado, Moreira da Silva refere ainda que foi escolhido na sequência de um concurso a que se candidatou a nível pessoal no início de 2016 e que envolveu cerca de 200 candidatos.

"Agradeço o apoio dado a esta candidatura pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, nomeadamente, da parte do ministro Augusto Santos Silva, da secretária de Estado Teresa Ribeiro e do embaixador Paulo Vizeu Pinheiro, representante de Portugal na OCDE", sublinha Moreira da Silva.

Nas novas funções, Moreira da Silva liderará o departamento de Cooperação para o Desenvolvimento, num mandato de 3 anos, renovável.

"Este é o tempo de passarmos à ação a nível global e sinto-me muito motivado para assumir estas funções executivas", assegura.

Lusa

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívida como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • "Têm um verdadeiro amigo na Casa Branca"

    Mundo

    O Presidente norte-americano reafirmou esta sexta-feira o apoio ao direito de porte de armas no país, sublinhando, numa convenção daquele 'lobby', que "o ataque de oito anos às liberdades consagradas no Artigo 2.º [da Constituição]" terminou.

  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Presidente da Macedónia convocou reunião de emergência

    Mundo

    O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, convocou esta sexta-feira uma reunião de emergência com líderes políticos, após manifestantes, maioritariamente apoiantes da maioria conservadora, invadirem o Parlamento e atacarem deputados da oposição, fazendo 77 feridos.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.