sicnot

Perfil

País

Sangue encontrado em peça de roupa não pertence a Pedro Dias

Sangue encontrado em peça de roupa não pertence a Pedro Dias

O sangue encontrado numa peça de roupa no carro roubado por Pedro Dias não lhe pertence, o que quererá dizer que o fugitivo não deve estar ferido. No terreno, as buscas continuam mas as autoridades voltaram a apostar num patrulhamento mais discreto.

  • Suspeito de Aguiar da Beira tem uma "perturbação de personalidade antissocial"
    7:09

    País

    O suspeito de dois homicídios em Aguiar da Beira está desaparecido há mais de uma semana. A editora de Sociedade da SIC Isabel Horta e o psicólogo forense Mauro Paulino estiveram no Jornal da Noite a analisar o caso. Mauro Paulino diz que os dados sugerem que o homem tem uma "perturbação de personalidade antissocial". O psicólogo forense afirma que o suspeito quer manter o controlo sobre a situação - daí estar a fugir por sítios que conhece - e que é perigoso para a sociedade. Já Isabel Horta diz que a mediatização dada ao caso não está a ajudar e fala sobre a intervenção da GNR no caso, que não tem "qualquer enquadramento legal". A editora de Sociedade diz ainda que esta intervenção pode causar uma reação negativa, que pode levar a um desfecho que não será favorável.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.