sicnot

Perfil

País

Governo quer mais famílias de acolhimento para crianças em risco

A secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, disse que é prioridade do Governo, aumentar o número de famílias de acolhimento de crianças em risco e privilegiar a prevenção.

Ana Sofia Antunes falava no encerramento do Encontro Anual das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, que se realizou no Funchal, onde admitiu a necessidade de rever os incentivos às famílias, apostar na prevenção de situações de risco e criar condições para que, já a partir do próximo ano, possa ser aumentado o acolhimento familiar de crianças em risco.

Há "a necessidade de avançarmos com projetos-piloto ao nível do acolhimento familiar, porque sabemos que, neste momento, em Portugal, apenas temos 3% das crianças retiradas nesta resposta", disse Ana Sofia Nunes, na sessão de encerramento do encontro.

A governante reconheceu que o número de famílias disponíveis para acolher crianças em situação de risco "é de facto muito baixo", razão pela qual defendeu ser preciso "rever os incentivos que se atribuem às famílias para esse efeito".

Ana Sofia Antunes também considerou importante a aposta "mais intensa no trabalho de prevenção nas situações de risco", reconhecendo que este só será "eficaz e mais responsável" com reforço técnico.

A secretária regional da Inclusão e dos Assuntos Sociais da Madeira, Rubina Leal, por seu lado, desafiou a secretária de Estado do Governo da República a disponibilizar mais recursos técnicos, "para um trabalho de proximidade".

O Encontro Anual das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens reuniu no Funchal, nos últimos três dias, cerca de 650 técnicos do país.

O próximo encontro realiza-se em maio de 2017, em Idanha-a-Nova.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.