sicnot

Perfil

País

Governo quer mais famílias de acolhimento para crianças em risco

A secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, disse que é prioridade do Governo, aumentar o número de famílias de acolhimento de crianças em risco e privilegiar a prevenção.

Ana Sofia Antunes falava no encerramento do Encontro Anual das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, que se realizou no Funchal, onde admitiu a necessidade de rever os incentivos às famílias, apostar na prevenção de situações de risco e criar condições para que, já a partir do próximo ano, possa ser aumentado o acolhimento familiar de crianças em risco.

Há "a necessidade de avançarmos com projetos-piloto ao nível do acolhimento familiar, porque sabemos que, neste momento, em Portugal, apenas temos 3% das crianças retiradas nesta resposta", disse Ana Sofia Nunes, na sessão de encerramento do encontro.

A governante reconheceu que o número de famílias disponíveis para acolher crianças em situação de risco "é de facto muito baixo", razão pela qual defendeu ser preciso "rever os incentivos que se atribuem às famílias para esse efeito".

Ana Sofia Antunes também considerou importante a aposta "mais intensa no trabalho de prevenção nas situações de risco", reconhecendo que este só será "eficaz e mais responsável" com reforço técnico.

A secretária regional da Inclusão e dos Assuntos Sociais da Madeira, Rubina Leal, por seu lado, desafiou a secretária de Estado do Governo da República a disponibilizar mais recursos técnicos, "para um trabalho de proximidade".

O Encontro Anual das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens reuniu no Funchal, nos últimos três dias, cerca de 650 técnicos do país.

O próximo encontro realiza-se em maio de 2017, em Idanha-a-Nova.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano