sicnot

Perfil

País

Aviso laranja em sete ilhas dos Açores devido à chuva

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou hoje para laranja o aviso para sete ilhas dos Açores devido à previsão de chuva.

Segundo o IPMA, o aviso laranja vigora entre as 11:00 e as 20:00 locais (mais uma hora em Lisboa) para as ilhas do grupo central (Pico, São Jorge, Terceira, Graciosa e Faial).

Nestas cinco ilhas, mantém-se o aviso amarelo para chuva até às 11:00, e para vento e trovoada até às 20:00.

Já para o grupo ocidental, ilhas do Corvo e das Flores, o aviso laranja está em vigor até às 14:00 devido à previsão de precipitação, vigorando depois o aviso amarelo até às 17:00.

Estas duas ilhas estão ainda sob aviso amarelo para vento e trovoada, igualmente até às 17:00.

Para as ilhas do grupo oriental, São Miguel e Santa Maria, o IPMA emitiu, também, um aviso amarelo para chuva e vento a partir da tarde e até às 23:00.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e indica situação meteorológica de risco moderado a elevado. Já o aviso amarelo, o terceiro mais grave, indica situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Segundo a delegação regional dos Açores do IPMA, uma zona depressionária complexa está a provocar o agravamento do estado do tempo no arquipélago e, às 09:30 locais, estava a ser afetado o grupo ocidental, prevendo-se nas próximas horas que atinja, primeiro, o grupo central e, depois, o oriental.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomendou entretanto medidas de autoproteção, como a consolidação de telhados, portas e janelas, o corte de árvores em risco de queda e a limpezas dos sistemas de drenagem.

A Proteção Civil aconselha a que sejam guardados objetos soltos do jardim, o fecho de janelas e persianas, e que a população evite circular sem necessidade.

"Ligue o rádio e fique atento às recomendações difundidas, não contribua para a divulgação de boatos, siga sempre as recomendações dos agentes das autoridades presentes", são outras das recomendações da Proteção Civil dos Açores.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.