sicnot

Perfil

País

Ministro anuncia preparação de criação de agência espacial

Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Alberto Frias, Impresa Publishing

Portugal está a preparar a criação de uma agência espacial, indicou hoje à Lusa o ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, que a considerou como "um dos principais desafios" para 2017.

"Estamos a preparar, com as empresas, naturalmente, a criação de uma agência espacial", disse Manuel Heitor, sem adiantar pormenores.

"Para nos lançarmos para uma maior e uma mais profunda atividade [na área do espaço], temos de começar a ir para os grupos de países que têm uma agência espacial, com profissionais", sustentou.

Segundo o ministro, que falava à agência Lusa na véspera do conselho ministerial da agência espacial europeia ESA, na Suíça, a "evolução no esquema de governança" da atividade espacial, em Portugal, com a criação de uma agência espacial, "vai ser um dos principais desafios em 2017".

"Diria que, nos últimos 15 anos, foi aprender a trabalhar com a ESA, a lançar um conjunto de atividades que eram inexistentes em Portugal [na área do espaço]. Dinamizou-se a atividade científica, mas, sobretudo, a atividade de empresas que não existiam em Portugal e a de empresas que cresceram. Agora, que já demos provas, queremos alargar a participação, lançar novos desafios para o Atlântico, e, para isso, precisamos de ter uma gestão e um sistema de governança mais adequado e moderno", defendeu.

À Lusa, o presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), Paulo Ferrão, que acompanha o ministro na deslocação, na quinta e sexta-feira, à Suíça, afirmou, igualmente sem pormenorizar, que, "seguramente, no próximo ano", será estudada "a viabilidade da criação de uma agência espacial" em Portugal.

A concretização do que disse ser ainda uma ideia está "dependente de vários acontecimentos", como a criação, nos Açores, do Centro de Investigação Internacional do Atlântico.

Portugal é membro da ESA desde 14 de novembro de 2000. A atividade científica e empresarial nacional no setor espacial é, atualmente, gerida num departamento da FCT, o Gabinete do Espaço.

No conselho ministerial da ESA, que se realiza na quinta e sexta-feira, em Lucerna, na Suíça, têm assento ministros dos países-membros com a tutela científica, tecnológica ou industrial.

Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.