sicnot

Perfil

País

Marcelo Rebelo de Sousa enaltece unidade nacional e vocação natural dos portugueses 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enalteceu hoje a "unidade nacional", considerando que há uma vocação natural dos portugueses e uma excelência dos melhores, apesar de haver muitas vezes o complexo em considerá-los como tais.

No encerramento do IV encontro anual do Conselho da Diáspora, que hoje decorreu em Cascais, Marcelo Rebelo de Sousa falou da experiência que sempre teve em reuniões internacionais de que os portugueses são "melhores na generalidade dos casos do que os melhores" que vêm de outras economias e sociedades, o que se aplica "aos sucessivos presidentes da República, primeiros-ministros, governantes e responsáveis políticos".

"Há uma vocação natural dos portugueses e há uma excelência daqueles que são dos melhores dos portugueses e que nós temos muitas vezes o complexo de considerar como tais", enfatizou.

O chefe de Estado elogiou os casos de projeção internacional como Durão Barroso como presidente da Comissão Europeia, do antigo Presidente da República Jorge Sampaio em algumas causas internacionais no seio das Nações Unidas e de António Guterres como alto-comissário para os refugiados.

"Quando se culmina numa grande vitória como a eleição de António Guterres quem acompanhou o processo dessa vitória viu que só foi possível por uma grande unidade nacional", voltou a referir.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, esta vitória teve um "enorme o mérito do Governo, do Ministério dos Negócios Estrangeiros e do primeiro-ministro", mas enalteceu também o mérito da oposição, que junto das respetivas famílias políticas exerceu uma atividade importante, de persuasão.

Para o Presidente da República, o traço da unidade nacional é também evidente no Conselho da Diáspora, recordando o simples facto de ter estado em todas as reuniões o líder da oposição.

Marcelo Rebelo de Sousa referiu ainda o facto de na sala, hoje, estarem dois antigos primeiros-ministros [Pedro Passos Coelho e Durão Barroso], uma antiga ministra [a líder do CDS-PP, Assunção Cristas], e atuais governantes, o que "revela a noção do caráter nacional desta aposta".

"E por isso eu estou feliz pelo doutor Durão Barroso ter apostado também nesta causa", disse, referindo-se ao facto de ser presidente da Mesa do Conselho da Diáspora.

Na opinião do chefe de Estado, "uma instituição, que volvidos quatro anos, ganha em repensar-se porque há realidades que mudaram está a cumprir a sua missão".

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.