sicnot

Perfil

País

Campanha de divulgação do complemento para idosos já motivou 10 mil novos pedidos

© Rafael Marchante / Reuters

A campanha de divulgação do Complemento Solidário para idosos (CSI) já chegou a mais de 100 mil potenciais beneficiários e mais de 10 mil pessoas já entregaram, presencialmente, nos serviços da Segurança Social, o requerimento para este apoio.

Os dados foram divulgados esta sexta-feira pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS), que adiantou que depois de uma campanha de divulgação do CSI nos meios de comunicação social, entre 11 de novembro e 01 de dezembro, esta decorre agora numa estratégia "mais alargada de divulgação" deste complemento, que inclui iniciativas como o envio de cartas a 108.051 potenciais beneficiários deste apoio social.

"Do total dos 32.359 atendimentos presenciais nos serviços de atendimento da Segurança Social de todo o país no mesmo período [11 de novembro a 23 de dezembro], 21.696 referiram-se a pedidos de informação sobre o CSI e 10.663 a entrega de requerimentos para este complemento", adiantou uma nota do MTSSS.

Quanto à linha telefónica criada exclusivamente para atendimentos relacionados com o CSI (300 51 31 31), recebeu, até esta sexta-feira, um total de 5.537 chamadas, "verificando-se um aumento contínuo do número de atendimentos nas primeiras três semanas da campanha".

A linha geral dos serviços da Segurança Social registou "4.479 atendimentos, relacionados com pedidos de esclarecimento sobre o CSI, continuando em funcionamento e disponível para o esclarecimento de todas as dúvidas relacionadas com esta prestação social".

A nota enviada pela tutela refere ainda que a entrada em vigor do Orçamento do Estado para 2017 vai permitir "dar continuidade à ação de divulgação do CSI", uma vez que prevê "a cooperação entre as forças de segurança e os serviços da segurança social no âmbito da proteção da população idosa".

Perto de 161 mil idosos beneficiaram do Complemento Solidário em novembro, o que representou um aumento de 708 pessoas em relação a outubro, mas um decréscimo de mais de 4.500 beneficiários relativamente ao ano passado.

De acordo com os dados mais recentes do Instituto de Segurança Social (ISS), no mês de novembro houve 160.923 beneficiários do Complemento Solidário para Idosos (CSI), o que representa um aumento de 0,44% em relação aos 160.215 idosos que receberam esta prestação social em outubro.

Já comparando com o período homólogo, a tendência é inversa e representa uma diminuição de 4.543 pessoas, já que em novembro de 2015 havia 165.466 idosos a receber o CSI.

Ainda em relação ao mês de novembro, os dados do ISS revelam que, no global, são sobretudo as mulheres que recebem esta prestação, havendo 112.974 idosas contra 47.949 homens.

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus pais e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Carro "desgovernado" entra em loja e atropela cliente

    Mundo

    O cliente de um mini-mercado no condado de Bronx, em Nova Iorque, sobreviveu de forma incrível ao impacto de um automóvel que entrou loja adentro. Apesar da violência das imagens, o homem sobreviveu e conseguiu mesmo sair da loja pelo próprio pé até ser transportado para o hospital.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.