sicnot

Perfil

País

INEM vai ter “os recursos de que precisa” em 2017 diz Ministro da Saúde

INEM vai ter “os recursos de que precisa” em 2017 diz Ministro da Saúde

O ministro da Saúde compromete-se a dotar o INEM dos recursos necessários no espaço de um ano. Os funcionários já receberam horas extraordinárias de 2016 mas a paralisação iniciada em agosto será retomada a 6 de janeiro e durará até 30 de junho, sendo que o presidente do Instituto Nacional de Emergência garante que prestação de socorro não está posta em causa.

  • Horas extra por pagar no INEM

    País

    O INEM tem dívidas por pagar relativas a horas extra. Vários trabalhadores informaram que não voltam a fazer horas extra enquanto a situação não for regularizada. A falta de profissionais pode colocar em causa a eficácia na resposta a emergências.

  • Presidente do INEM anuncia contratações
    0:52

    País

    O presidente do INEM anunciou à SIC que o Instituto irá contratar 100 novos técnicos de emergência pré-hospitalar e garantiu que as horas extraordinárias em atraso já começaram a ser pagas. Luís Meira disse ainda que acredita que o prolongamento da greve às horas extraordinárias não terá grande impacto no serviço prestado às populações.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC