sicnot

Perfil

País

Ceia de Natal solidária em Guimarães

Ceia de Natal solidária em Guimarães

Em Guimarães, há 700 anos que se cumpre a tradição de oferecer uma ceia de Natal aos mais desfavorecidos. A refeição é servida no albergue de São Crispim, graças ao empenho de dezenas de voluntários, como explica a repórter da SIC, Cristina Freitas.

  • Pai Natal já partiu da Lapónia
    1:10

    Mundo

    O Pai Natal já partiu da Lapónia onde durante todo o ano prepara o dia 25 de dezembro. Na vila no norte da Finlândia o correio recebe anualmente cerca de meio milhão de cartas com pedidos e desejos. Com o aproximar da noite de hoje podem chegar às 32 mil por dia.

  • A religião e os valores do Natal
    54:09

    Opinião

    Num tempo marcado por equívocos e incertezas, pela rapidez do digital, pela imagem - que também pode gerar cegueira - como fica a nossa relação com os outros? Olhando para as luzes que iluminam estes dias, para os sons e os tons que dão ritmo à quadra, que valor tem o Natal? Este é o mote do debate em Especial Informação, moderado pelo jornalista Joaquim Franco, que foi emitido esta sexta-feira na SIC Notícias. Um debate com Fernando Ventura, frade franciscano capuchinho e biblista, Paulo Mendes Pinto, professor e responsável da área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona, Filomena Barros, professora de História na Universidade de Évora e especialista em Islão, e Tiago Cavaco, pastor evangélico, blogger e músico.

  • Quer saber por onde anda o Pai Natal?

    Mundo

    Um rastreador online do Pai Natal, feito por uma agência de Defesa americana e canadiana, traçou hoje o percurso feito em todo o mundo pelo velho de barbas e pelas suas prendas, cumprindo uma tradição desta época.

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".