sicnot

Perfil

País

Governo dá luz verde para construção da maternidade em Coimbra

(Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuter

O Ministério da Saúde deu autorização para o início da construção da nova maternidade de Coimbra, que vai fundir as duas já existentes na cidade, anunciou este sábado o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

O presidente do conselho de administração do CHUC, José Martins Nunes, afirmou que o Ministério da Saúde deu "autorização para o início da construção" da maternidade e "de todo o trabalho" relacionado com a sua criação.

Em declarações à agência Lusa, Martins Nunes explicou que, face a este anúncio do Governo, o CHUC avança já em 2017 com o lançamento do concurso internacional para o projeto de arquitetura, a elaboração do projeto de arquitetura e a elaboração do caderno de encargos para se poder "lançar o concurso da obra ainda no final de 2017 ou no início de 2018".

A nova maternidade, com um orçamento previsto de 16,8 milhões de euros, será construída no perímetro do hospital universitário, entre os serviços de psiquiatria e de fisioterapia, e deverá estar concluída entre o final de 2019 e o início de 2020, informou.

Esta maternidade vai levar à fusão das maternidades Bissaya Barreto e Daniel de Matos, decidida na sequência da agregação de diversos estabelecimentos públicos de saúde no CHUC, que integra os Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), o Hospital dos Covões, as duas maternidades e o Hospital Pediátrico, além das unidades de saúde mental.

"É um equipamento importantíssimo para Coimbra, para a região Centro e para o país", sublinhou Martins Nunes, que fazia o anúncio com o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, ao seu lado, no âmbito de uma visita do membro do Governo ao Hospital Pediátrico de Coimbra.

Para o presidente do CHUC, esta é uma "prenda de Natal muito importante".

O CHUC tem já quatro milhões de euros para a primeira fase da obra.

O processo da fusão das maternidades já conta com mais de três anos de trabalho.

Lusa

  • Maternidades de Coimbra com falta de médicos
    1:57

    País

    A Ordem dos Médicos diz que as urgências das duas maternidades de Coimbra estão em risco de rutura por falta de médicos. O número de ginecologistas e obstetras não chega para as necessidades. A secção regional da Ordem dos Médicos responsabiliza a tutela por falta de investimento em equipamentos e infraestruturas.

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Madonna despede-se: "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso!

    Cultura

    "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso! Mal posso esperar para voltar um dia e descobrir todos os teus segredos." Foi com estas palavras que Madonna se terá despedido esta sexta-feira de Portugal. Juntamente com a mensagem, a cantora publicou ainda uma fotografia no Estádio do Benfica.

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.