sicnot

Perfil

País

Quatro distritos do norte de Portugal sob aviso amarelo devido ao nevoeiro

Reuters

Quatro distritos de Portugal continental estão esta segunda-feira sob "Aviso Amarelo" devido à previsão de nevoeiro, por vezes forte, informou o Instituto Português do mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o Instituto, os distritos de Bragança, Viseu, Guarda e Vila Real, vão estar sob "Aviso Amarelo" entre as 23:05 de domingo e as 15:00 de segunda-feira.

O "Aviso Amarelo" é emitido pelo IPMA quando há risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para esta segunda-feira no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade e com neblina ou nevoeiro, em especial no interior, até final da manhã e para o final do dia, podendo persistir no nordeste transmontano e Beira Alta.

O vento soprará em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante leste, soprando temporariamente moderado (20 a 30 km/h) no Algarve e nas terras altas.

O Instituto alerta ainda para a formação de geada em alguns locais do interior, em especial do Norte e Centro.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 07 e 15 graus Celsius, no Porto entre 05 e 15, em Vila Real entre 02 e 08, Bragança entre os zero e 09, em Viseu entre 03 e 13, na Guarda entre zero e 08, em Coimbra entre 05 e 15, em Castelo Branco entre 04 e 14, em Santarém entre 05 e 17, em Évora entre 04 e 16, em Beja entre 05 e 16 e em Faro entre 10 e 15.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52