sicnot

Perfil

País

António Domingues vai ser ouvido na Assembleia da República a 4 de janeiro

O presidente demissionário da CGD vai ser ouvido no Parlamento no dia 4 de janeiro. A audição foi pedida pela Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa e o motivo é a demissão de António Domingues da presidência da Caixa Geral de Depósitos.

A audiência acontece depois de uma recusa da esquerda parlamentar em ter António Domingues na comissão de inquérito. PS, Bloco de Esquerda e PCP alegaram, na altura, que o motivo era o passado da instituição e não o futuro.

Domingues só vai sair da Caixa no dia 31 de dezembro. Deixa o cargo depois da polémica em torno da entrega das declaração de património e rendimentos no Tribunal Constitucional.

  • Paulo Macedo confirmado na CGD
    1:54

    Caso CGD

    É oficial: o antigo ministro da Saúde do governo de Passos Coelho aceitou o convite para a presidente executivo da CGD. Os nomes da sua equipa seguem hoje para o Banco Central Europeu. 

  • António Domingues não sai zangado
    0:16

    Caso CGD

    António Domingues garante que não sai zangado com o Governo, na sequência da polémica demissão da administração da Caixa Geral de Depósitos. O presidente demissionário do banco público falou hoje aos jornalistas momentos antes da cerimónia de entrega de prémios Exame.

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57