sicnot

Perfil

País

António Domingues vai ser ouvido na Assembleia da República a 4 de janeiro

O presidente demissionário da CGD vai ser ouvido no Parlamento no dia 4 de janeiro. A audição foi pedida pela Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa e o motivo é a demissão de António Domingues da presidência da Caixa Geral de Depósitos.

A audiência acontece depois de uma recusa da esquerda parlamentar em ter António Domingues na comissão de inquérito. PS, Bloco de Esquerda e PCP alegaram, na altura, que o motivo era o passado da instituição e não o futuro.

Domingues só vai sair da Caixa no dia 31 de dezembro. Deixa o cargo depois da polémica em torno da entrega das declaração de património e rendimentos no Tribunal Constitucional.

  • Paulo Macedo confirmado na CGD
    1:54

    Caso CGD

    É oficial: o antigo ministro da Saúde do governo de Passos Coelho aceitou o convite para a presidente executivo da CGD. Os nomes da sua equipa seguem hoje para o Banco Central Europeu. 

  • António Domingues não sai zangado
    0:16

    Caso CGD

    António Domingues garante que não sai zangado com o Governo, na sequência da polémica demissão da administração da Caixa Geral de Depósitos. O presidente demissionário do banco público falou hoje aos jornalistas momentos antes da cerimónia de entrega de prémios Exame.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.