sicnot

Perfil

País

UTAD estuda processo que melhora qualidade de vida de celíacos

UTAD estuda processo que melhora qualidade de vida de celíacos

Uma investigação da Universidade de Trás-os-Montes está a tentar melhorar a qualidade de vida dos doentes celíacos ao estudar uma forma de reduzir os níveis de glúten do trigo. Este estudo consiste num processo que utiliza um açúcar natural para remover a proteína.

  • Cientistas australianos anunciam primeira cerveja de cevada sem glúten

    Mundo

    Cientistas australianos anunciaram hoje ter criado cerveja de cevada sem glúten, a primeira do tipo em todo o mundo. A cevada produzida pela Organização para a Investigação Industrial e Científica da Commonwealth da Austrália (CSIRO) foi especificamente criada para conter níveis "ultrabaixos" de hordeínas, o tipo de glúten que se encontra na cevada, uma das matérias-primas da cerveja.

  • Dieta sem glúten perigosa para crianças

    Mundo

    Uma dieta sem glúten mesmo para crianças que não são celíacas ou que não têm alergia ao trigo pode trazer mais riscos que benefícios, alertam especialistas. Muitos alimentos vendidos sem glúten têm muitas vezes mais gordura e açúcar, o que contribui para a obesidade, outros não têm reforço de vitaminas e minerais, conduzindo a deficiências nutricionais.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.