sicnot

Perfil

País

Cerca de 450 pessoas detidas na 1ª fase da operação Festas Seguras

A polícia deteve cerca 450 pessoas e apreendeu perto de 36 mil doses de droga durante a primeira fase da operação "Festas Seguras", que decorreu entre 15 e 26 de dezembro, anunciou esta quarta-feira a PSP.

Do total das detenções, 162 deveram-se a condução com excesso de álcool, enquanto 56 foram por tráfico de droga, 47 por falta de carta, 26 por furto e 10 por posse de arma ilegal. Houve ainda 76 detenções que resultaram de mandado de detenção.

Os números resultam da primeira fase da operação "Polícia Sempre Presente -- Festas Seguras 2016", na qual estiveram envolvidos 6.557 elementos policiais, num total de 925 operações, adianta a PSP em comunicado.

Neste período, a PSP apreendeu também 33 armas, das quais 11 eram armas de fogo.

Foram ainda apreendidas perto de 36.000 doses de droga, com destaque para a cocaína (21.741 doses), heroína (7.896), haxixe (3.007) e "ecstasy" (770), adiantam os dados da Polícia de Segurança Pública.

Durante a operação, foram fiscalizadas cerca de 29.400 viaturas, tendo sido detetadas 290 infrações por falta de inspeção obrigatória, 287 por uso indevido do telemóvel e 79 por falta de cinto de segurança.

Foram ainda verificadas 1.401 infrações por excesso de velocidade, através de radar.

Ao nível da sinistralidade rodoviária, a PSP registou, neste período, 484 acidentes, dos quais resultaram 157 feridos (três graves e 154 ligeiros).

A Operação "Polícia Sempre Presente -- Festas Seguras 2016" está a ser desenvolvida a nível nacional, em toda a área de responsabilidade da PSP, até ao dia 02 de janeiro de 2017.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.