sicnot

Perfil

País

Jerónimo avisa que posição conjunta com PS tem "alcance limitado"

M\303\201RIO CRUZ

O secretário-geral do PCP avisou esta quinta-feira que a posição conjunta com o PS tem um "alcance limitado" e que os comunistas têm "toda a liberdade" de iniciativa, exemplificando com a proposta para reposição dos 25 dias de férias.

Em Braga, de visita ao Presépio de Priscos, Jerónimo de Sousa explicou que a alteração nos dias de férias, que o PCP reclama e se prepara para levar à votação na Assembleia da Republica, "de facto" não faz parte da posição conjunta acordada com o PS mas que estas divergências entre PCP, PS e Governo "não abalam" o acordo alcançado com os socialistas que permitiu a atual solução governativa.

O líder comunista avisou ainda que "não espera os reis Magos" no que toca a 2017 e que é preciso "aprofundar e continuar a desenvolver" a "janela de esperança" que o país abriu.

"É importante sublinhar que o entendimento expresso na posição conjunta PS/PCP tem um alcance limitado, é ele que define o grau de convergência, essa posição conjunta, mas nada impede, antes pelo contrário, que a sede legislativa por excelência, que é a Assembleia da Republica, não esteja prisioneira de nenhuma posição comum, de nenhum acordo, antes pelo contrário, o PCP tem toda a liberdade e capacidade de iniciativa de propostas", respondeu Jerónimo de Sousa, questionado sobre as diferentes posições entre PS e PCP quanto ao aumento dos dias de férias.

No entanto, salientou, o facto de ambos os partidos terem posições divergentes "não abala" o acordo entre eles.

"Já várias vezes temos divergido do PS e do Governo do PS. Posso dizer que, no caso do Banif, um caso de maior envergadura, e em coerência com o seu posicionamento, o PCP votou contra. Às vezes esquece-se que o nosso primeiro e principal compromisso é com os trabalhadores e com o povo e não com o PS", lembrou o líder comunista, que realçou, no entanto que o partido está "comprometido com a posição conjunta entre PS e PCP".

Sobre 2017, Jerónimo de Sousa deixou votos de esperança e confiança mas também alertas.

"Não espero pelos reis Magos. O que confio é que este caminho de avanços, mesmo limitados, dessa tal janela de esperança que abriu não se perca, há que aprofundar continuar a desenvolver", referiu.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • Furacão Maria já causou pelo menos nove mortes

    Mundo

    O furacão Maria já causou pelo menos nove mortos durante a sua passagem pelas Antilhas Menores, tendo baixando para uma tempestade de grau três depois de atravessar Porto Rico, segundo as autoridades.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC