sicnot

Perfil

País

José Sócrates visitou Mário Soares

O ex-primeiro-ministro José Sócrates esteve esta quinta-feira no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, unidade de saúde onde o antigo chefe de Estado Mário Soares está internado desde dia 13, em coma profundo.

José Sócrates chegou ao hospital às 21:00 - uma hora depois de terem terminado as visitas - tendo estado no interior cerca de 20 minutos.

À saída, o ex-primeiro-ministro escusou-se a fazer declarações aos jornalistas.

Mário Soares elogiou frequentemente a coragem e determinação política de José Sócrates durante a sua liderança socialista e foi por proposta do antigo primeiro-ministro que se candidatou em 2006, pela terceira vez, à Presidência da República, combate do qual sairia derrotado, ficando em terceiro lugar, atrás de Cavaco Silva e do também socialista Manuel Alegre, que concorreu como independente.

Durante a prisão de José Sócrates, na sequência de acusações de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, Mário Soares foi visita frequente do Estabelecimento Prisional de Évora entre novembro de 2015 e setembro de 2016 e nunca hesitou em condenar a detenção do antigo primeiro-ministro.

Depois de deixar de estar em prisão domiciliária, em outubro de 2015, José Sócrates aproveitou a primeira saída de casa para visitar Mário Soares.

O estado de saúde do antigo Presidente da República Mário Soares "tem registado nas últimas horas um progressivo agravamento", anunciou hoje o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha.

Segundo o boletim clínico lido às 12:00 por José Barata, Mário Soares mantém-se "em coma profundo".

Internado desde o dia 13 de dezembro, o antigo Presidente fora transferido há uma semana dos Cuidados Intensivos para a "unidade de internamento em regime reservado" do Hospital da Cruz Vermelha, depois de sinais de melhoria do estado de saúde.

No entanto, no sábado, um agravamento súbito da situação clínica obrigou ao regresso do antigo chefe de Estado à Unidade dos Cuidados Intensivos.

Lusa

  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.