sicnot

Perfil

País

Ministro do Ensino Superior manda averiguar caso de aluna expulsa por falta de certificado

Ministro do Ensino Superior manda averiguar caso de aluna expulsa por falta de certificado

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior poderá expulsar uma aluna de Medicina do Instituto Abel Salazar por causa de um certificado de candidatura que a estudante garante ter entregado, mas que os serviços dizem não ter encontrado.

Sobre esta situação o ministro do Ensino Superior diz que, se houve algum erro, "tem de ser corrigido". Manuel Heitor garante que já mandou investigar a situação e que "não há razão nenhuma para não acreditarmos nas instituições".

O caso está há dois anos na Justiça.

  • Aluna de Medicina expulsa do curso devido a falha burocrática
    4:37

    País

    O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior vai expulsar uma aluna de Medicina do Instituto Abel Salazar, no Porto, por causa de um certificado de candidatura que a estudante garante ter entregado, mas que os serviços dizem não ter encontrado. O caso está há dois anos na Justiça.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.