sicnot

Perfil

País

Falsa mãe no Facebook vai ser julgada

Falsa mãe no Facebook vai ser julgada

A enfermeira que se fazia passar, no Facebook, por mãe de crianças gravemente doentes vai ser julgada no Tribunal de Penafiel. Está acusada de sete crimes de gravações e fotografias ilícitas.

Apresentava-se como Mary ou Maria no Facebook. Em diferentes páginas, dizia ser mãe de crianças com doenças graves, como um menino que estava, na altura, internado no IPO do Porto.

De acordo com o Jornal de Notícias, a mulher criou uma relação de amizade com a verdadeira mãe da criança. Visitou-os várias vezes, no hospital, entre dezembro de 2014 e abril de 2015. Tirou fotos que depois publicou nas redes sociais.

Chegou a dizer que o menino, que apresentava como filho, tinha morrido. E para dar mais credibilidade à história, colocou uma imagem da criança numa lápide que cobria um jazigo da família, na Maia.

O JN explica que, por causa dessa simulação, a mulher vai ser julgada em tribunal. Enfrenta ainda um outro processo em que é acusada pelo Ministério Público de sete crimes de gravações e fotografias ilícitas.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.