sicnot

Perfil

País

Ministério Público arquiva inquérito à morte de militar na Base Aérea de Beja

NUNO VEIGA

O Ministério Público arquivou o inquérito que investigava um alegado caso de "bullying" homofóbico (baseado na orientação sexual) sobre um militar que se suicidou no alojamento da Base Aérea de Beja, indicou hoje a Procuradoria-Geral da República (PGR).

"O inquérito foi objeto de despacho de arquivamento", refere a PGR numa resposta escrita enviada à agência Lusa, acrescentando que o mesmo correu termos nos serviços do Ministério Público da Comarca de Beja, com a intervenção da Polícia Judiciária Militar.

O jovem, à data com 23 anos, foi encontrado morto a 05 de março de 2015. Na ocasião, alguns órgãos de comunicação social noticiaram que teria sido vítima de "bullying", por ser homossexual, e alvo de gozo no seio militar, razões que o levaram, alegadamente, a suicidar-se por ter atingido o seu limite nessa noite, durante uma festa do clube de praças, quando a pressão psicológica terá sido levada "ao extremo".

O militar estava colocado na Base Aérea n.º 6, no Montijo, mas foi destacado para a Base Aérea n.º 11, em Beja, para reforçar o efetivo daquela unidade da Força Aérea Portuguesa (FAP), devido à realização de um exercício militar denominado Real Thaw.

O jovem, natural do concelho do Barreiro, encontrava-se ao serviço da FAP desde dezembro de 2012.

Lusa

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.