sicnot

Perfil

País

Parlamento presta homenagem a Mário Soares no 3.º dia de luto nacional

Aqui em direto às 15:00

A Assembleia da República homenageia hoje Mário Soares, que morreu no sábado, numa sessão com a leitura de um voto de pesar, consensualizado entre os partidos, pelo presidente da Assembleia, o também socialista Ferro Rodrigues. Para ver aqui em direto, a partir das 15:00.


Segundo os serviços do parlamento, a intervenção seguinte da reunião dedicada ao fundador do PS e antigo Presidente da República vai estar a cargo do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, em representação do Governo, uma vez que o primeiro-ministro, António Costa, continua em viagem à Índia.

Todos os grupos parlamentares dos partidos políticos e o deputado único do PAN vão igualmente usar da palavra, conforme decisão da conferência de líderes extraordinária de 7 de janeiro, data da morte de Soares.

André Silva (PAN) será o primeiro a dirigir-se ao hemiciclo, seguido por "Os Verdes", PCP, CDS-PP, BE, PSD e, finalmente, o PS, prevendo-se um limite indicativo de seis minutos para cada alocução.

Durante o evento, vão ser projetadas imagens do antigo chefe de Estado nas telas gigantes da sala de sessões da Assembleia da República.

O também antigo primeiro-ministro em três ocasiões morreu aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, e o Governo decretou três dias de luto nacional, até hoje.

As cerimónias fúnebres, que se iniciaram na segunda-feira, terminaram na terça-feira com o funeral no cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Nascido a 07 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares, advogado, combateu a ditadura do Estado Novo e foi o primeiro secretário-geral do PS.

Após a revolução do 25 de Abril de 1974, regressou do exílio em França e foi ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, tendo pedido a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e assinado o respetivo tratado, em 1985, precisamente no mesmo edifício manuelino em que foi velado desde segunda-feira.

Em 1986, ganhou as eleições presidenciais e foi Presidente da República durante dois mandatos, até 1996.


Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50