sicnot

Perfil

País

Ministro do Ambiente em Madrid para discutir central de Almaraz

O ministro português do Ambiente reúne-se hoje em Madrid com os responsáveis espanhóis do Ambiente e da Energia para discutir a intenção de construir um aterro na central nuclear de Almaraz, processo que Espanha já garantiu não estar encerrado.

O Governo português tinha garantido que não participaria nesta reunião, anteriormente agendada, caso o executivo espanhol confirmasse a sua decisão, conhecida no final de dezembro, de construir um aterro para resíduos nucleares em Almaraz, a 100 quilómetros da fronteira portuguesa.

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, reúne-se pelas 11:30 em Madrid (menos uma hora em Lisboa) com a sua homóloga espanhola, Isabel García Tejerina, e com o ministro da Energia, Álvaro Nadal, nas instalações do ministério do Ambiente na capital espanhola.

A decisão de Matos Fernandes de participar na reunião foi anunciada depois de as autoridades espanholas terem garantido a Portugal que "o processo do Armazém Temporário Individualizado de resíduos nucleares de Almaraz não está encerrado", divulgou esta quarta-feira o ministério do Ambiente.

Para a reunião, além do tema da central de Almaraz, o Governo português leva também a intenção de "iniciar uma conversa sobre a revisão da Convenção de Albufeira", que rege a forma como os rios internacionais são geridos entre Espanha e Portugal.

O responsável do Ambiente anunciou, na semana passada, que Portugal iria apresentar uma queixa junto da Comissão Europeia contra Espanha para contestar a decisão, que Lisboa considera desrespeitar diretivas comunitárias por não avaliar o impacto transfronteiriço da nova estrutura na central nuclear.

Nos últimos dias, as diplomacias "trabalharam intensamente" para procurar que o encontro de hoje fosse "uma reunião útil", o que no entender das autoridades lusas significava a existência de margem para discutir o tema, segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva.

O chefe da diplomacia portuguesa reconheceu estar em causa "um diferendo" com Espanha, mas acentuou sempre a intenção de o ultrapassar a nível "político e diplomático", ressaltando a relação "muito próximo e muito amiga" com Espanha, mas admitiu que, caso isso falhasse, Lisboa avançaria com a queixa.

O Parlamento português aprovou na sexta-feira, por unanimidade, um voto comum de condenação da opção de construir uma central de armazenamento em Almaraz, Espanha.

"A Assembleia da República, reunida em sessão plenária, condena a possibilidade de decisão do Governo espanhol sobre um projeto de construção de um armazém para resíduos nucleares em Almaraz, com evidentes impactos e riscos transfronteiriços, ignorando o Governo e a população de Portugal", refere o texto.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • Obama diz que não fica em silêncio se os valores do país forem ameaçados
    2:26
  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..