sicnot

Perfil

País

PSP procura dois argelinos em fuga do aeroporto de Lisboa

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

A PSP está à procura de dois argelinos que fugiram do aeroporto de Lisboa, esta quinta-feira. A fuga aconteceu por volta das 16:30, quando cinco argelinos tentaram escapar na placa do aeroporto, junto ao Terminal 2. As autoridades conseguiram reter três deles e os outros dois saltaram a rede.

Há várias equipas da PSP na zona da Segunda Circular à procura dos indivíduos.

Os quatro homens e a mulher chegaram por volta das 14:00 a Lisboa, num voo proveniente de Argel, e ficaram retidos na zona internacional por não terem visto de entrada no espaço Schengen. Por volta das 16:30, os cidadãos argelinos foram reencaminhados para um voo de regresso à Argélia.

Durante a viagem de autocarro, com escolta policial, os cinco argelinos tentaram fugir do veículo, que os levava para o avião que estava estacionado no Terminal 2. A polícia conseguiu reter três, mas dois conseguiram fugir pela pista ate chegar a rede que circunda o aeroporto de Lisboa.

Os dois homens em fuga saltaram a rede junto à Segunda Circular e desapareceram.

Os argelinos estão indiciados pelo crime de entrada ilegal em território nacional.

Esta não é a primeira vez que acontecem casos semelhantes no aeroporto de Lisboa, envolvendo igualmente cidadãos argelinos. Em julho, quatro argelinos que tentaram fugir foram detidos e, em setembro, um argelino conseguiu escapar quando foi fumar.

Em outubro de 2016, o SEF e a PSP impediram a fuga de três passageiros chegados ao aeroporto de Lisboa num voo proveniente de Marrocos, numa ação que levou à detenção de seis cidadãos do norte de África que viajavam num voo oriundo de Casablanca, em Marrocos, com destino a Argel, capital da Argélia, com escala em Lisboa.

O Ministério Público abriu um inquérito-crime para investigar as fugas ocorridas no Aeroporto Humberto Delgado. A investigação está relacionada com fortes suspeitas de redes de crime organizado no caso de fuga de passageiros do norte de África, nas rotas entre Argel-Casablanca e Casablanca-Argel, com escala prolongada em Lisboa.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras