sicnot

Perfil

País

Saúde 24 encaminhou mais de 5 mil doentes com gripe para centros de saúde e hospitais

(Arquivo)

SIC

Um terço dos utentes com sintomas de gripe que ligaram para a Linha Saúde 24, desde novembro, foram encaminhados por este serviço para os centros de saúde e 10% para a urgência hospitalar, não pagando taxa moderadora nesses atendimentos.

De acordo com Sérgio Gomes, que coordena esta linha de atendimento telefónico (808242424), desde que o módulo Inverno do Plano de Contingência para as Temperaturas Extremas Adversas entrou em vigor, a 01 de novembro, a Linha Saúde 24 recebeu 150.329 contactos.

Em relação a igual período do ano passado, a linha realizou mais 27% de atendimentos.

Destas chamadas, 18,7 por cento das recebidas em janeiro foram para avaliação de síndrome gripal, 15,2 por cento em dezembro de 2016 e 0,23 por cento em novembro.

As chamadas para o atendimento por gripe cresceram 150 por cento comparativamente ao período homólogo do ano passado: 16.027 em 2016/2017 e 6.405 em 2015/2016.

Sobre os doentes atendidos por gripe e que foram encaminhados pelos profissionais da Linha de Saúde 24, Sérgio Soares revelou que, desde novembro, um terço (5.236) foi orientado para os cuidados de saúde primários, 10,1 por cento (1.615) para a urgência hospitalar e 0,1 por cento (11) para o INEM.

A maioria dos atendimentos por gripe (9.165) foi orientada para autocuidados, num total de 57,1 por cento dos 16.027 atendimentos por gripe.

O módulo Inverno do Plano de Contingência para as Temperaturas Extremas Adversas entrou em vigor está acionado até 31 de março.

Lusa

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.