sicnot

Perfil

País

Jovem português desaparecido em Paris foi hospitalizado para avaliação

O jovem português que estava desaparecido em França desde 26 de dezembro foi internado no serviço de psiquiatria do Centro hospitalar Robert-Ballanger, nos arredores de Paris, depois de ter estado alojado duas semanas em casa de um desconhecido.

O internamento de Sérgio Filipe Lopes Machado, de 26 anos, foi confirmado à Lusa pelo próprio hospital, depois de um próximo da família do jovem ter dado conta do mesmo.

A fonte ligada à família, Romeu Braga, disse à Lusa em Paris que o jovem "se encontra internado no hospital, desde hoje à tarde, com lesões traumáticas, ainda sem se conhecer verdadeiramente o que as causou". Por outro lado, em declarações à Lusa, a polícia francesa esclareceu que Sérgio Machado esteve alojado duas semanas em casa de uma pessoa que "não o conhecia inicialmente", uma versão diferente da que foi divulgada anteriormente pelo gabinete do secretário de Estado das Comunidades.

"Ele não o conhecia inicialmente, mas é um senhor que pensou que se tratava de um refugiado sírio ou uma pessoa com necessidades e acolheu-o em casa dele. É um jovem bipolar, que não é capaz de se desenrascar sozinho. O senhor alojou-o durante as duas semanas, o tempo em que esteve desaparecido. Quando foi a um bar com o rapaz, uma das pessoas que estava lá e que tinha ouvido falar de um desaparecimento preocupante, assinalou-o", explicou fonte da polícia de Massy, no sul de Paris.

O gabinete do secretário de Estado das Comunidades tinha dito à Lusa na quinta-feira que Sérgio Machado "terá estado em casa de um amigo".

Romeu Braga acrescentou que Sérgio Machado e o seu irmão decidiram entretanto apresentar queixa contra o "desconhecido" que albergou o jovem.

"Sérgio, na companhia do irmão, foi ontem de manhã ao comissariado da Polícia de Massy, onde prestou depoimento, e foi apresentada queixa contra um cidadão francês, desconhecido do Sérgio ou de qualquer pessoa que convive com ele (...) Este senhor desconhecido manteve o Sérgio duas semanas com ele, sem se conseguirem compreender, porque um não fala francês e o outro não fala português", indicou Romeu Braga. A polícia confirmou que vai interrogar a pessoa que alojou o português "na próxima semana", ressalvando porém que "quando o jovem foi encontrado, não apresentava problemas" e sublinhando que se trata de um "rapaz bipolar".

Na semana passada, a polícia tinha indicado, também, que o jovem "só fala português, sofre de distúrbios psiquiátricos (bipolaridade) e não é capaz de andar nos transportes públicos", sublinhando que "ele é incapaz de se desenrascar sozinho sem o irmão" e que "não tem consigo bilhete de identidade nem formas de pagamento".

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.