sicnot

Perfil

País

Professores sem novas propostas do Ministério para reunião de hoje

Os sindicatos de professores criticaram o Ministério da Educação por não ter enviado qualquer nova proposta para negociação nas reuniões marcadas para hoje, no âmbito da vinculação extraordinária e dos concursos de docentes.

A Associação Sindical dos Professores Licenciados (ASPL) admite, em comunicado, convocar "ações de descontentamento públicas", caso se mantenham as propostas até agora avançadas pelo ministério. De acordo com a estrutura sindical, são inúmeros os contactos de professores a demonstrar "o desagrado e deceção" perante as propostas da tutela, que "menospreza a oportunidade de superar as várias injustiças nas colocações nos últimos anos".

Em declarações à agência Lusa, o secretário-geral da Federação Nacional da Educação (FNE), João Dias da Silva, estranhou igualmente que a menos de 24 horas da reunião negocial, o Ministério da Educação não tenha enviado qualquer novo documento para análise, conforme estabelecido.

A Federação Nacional dos Professores (FENPROF) admitiu já na semana passada levar os professores a manifestarem-se em frente ao ministério, em Lisboa, caso não seja alcançado um acordo, depois de ter classificado como inclusiva a reunião de 6 janeiro. Na ocasião, a estrutura sindical estimou em cerca de 4.000 o número de professores a abranger pela vinculação extraordinária, o que considerou "claramente insuficiente".

Na quarta-feira, em conferência de imprensa, o secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, defendeu que os professores de língua gestual portuguesa devem ser considerados como tal e não técnicos especializados, no âmbito do novo diploma de concursos, reiterando a intenção de realizar uma manifestação à porta do ministério, caso não se verifiquem avanços nesta matéria.

Termina hoje o período de negociação regular, podendo ainda os sindicatos uma negociação suplementar.

Lusa

  • Lesados do BES manifestam-se hoje no Porto 

    Queda do BES

    Um grupo de lesados pelo Banco Espírito Santo (BES) concentra-se hoje no Porto para exigir "bom senso" ao Governo, ao Banco de Portugal (BdP) e aos responsáveis do Novo Banco, refere um comunicado remetido às redações.A manifestação está marcada para as 11:00, nas imediações do balcão do Novo Banco e do Banco de Portugal, na Avenida dos Aliados, e a nota dirigida à imprensa é assinada por quase centena e meia de pessoas."

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Morre congressista republicano norte-americano acusado de assédio sexual

    Mundo

    O congressista estatal do Kentucky e pastor evangélico Dan Johnson morreu na quarta-feira, num aparente suicídio, dois dias depois de ser acusado de assédio sexual por uma mulher, disseram as autoridades. O médico legista do condado, Dave Billings, afirmou que a morte de Johnson foi causada por um único tiro, numa ponte de Mount Washinton, perto de Louisville, onde estacionou o automóvel.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28