sicnot

Perfil

País

Baixas temperaturas podem provocar "geada negra"

© Gleb Garanich / Reuters

As baixas temperaturas previstas para os próximos dias podem provocar a chamada "geada negra", que, segundo a meteorologista Madalena Rodrigues, é natural que aconteça com alguma frequência em Portugal.

"Afeta plantas mais sensíveis ao frio e surge principalmente com temperaturas negativas ou próximo de zero", disse a responsável do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), explicando que não é um fenómeno raro.

A "geada negra", explicou, na verdade não é geada, que é branca, mas sim uma situação de frio que queima a seiva das plantas, que ficam negras por isso.

Madalena Rodrigues não indicou locais prováveis para a "geada negra", afirmando apenas que as temperaturas muito baixas podem afetar plantas ao ar livre que não sejam próprias da época ou que sejam mais sensíveis.

A meteorologista frisou que a "geada negra" acontece com alguma frequência nos invernos e que apenas afeta as plantas.

As temperaturas vão descer entre 4 e 9 graus Celsius a partir de quarta-feira em Portugal continental devido a uma massa de ar continental mais fria e seca.

A "geada negra" acontece com frio intenso e muito seco e com vento, que impede a formação de geada mas provoca o congelamento da seiva, e a planta fica escura e morre. Regar as plantas pode ter uma ação protetora.

Lusa

  • DGS pede cuidados redobrados com idosos devido ao tempo frio
    2:12

    País

    A incidência da gripe vai começar a descer mas o vírus Ah3 ainda vai circular nas proximas quatro semanas e poderá infetar mais pessoas. A Direção Geral da Saúde deu esta segunda-feira uma conferência de imprensa para apresentar os níumeros da gripe e aproveitou também para dar conselhos para o tempo frio que se avizinha e que pode ser fatal para doentes e idosos.

  • Cinco estações do metro de Lisboa vão estar abertas à noite para acolher sem-abrigo

    País

    Cinco estações do Metropolitano de Lisboa - Rossio, Intendente, Saldanha, Oriente e Colégio Militar - vão estar abertas à noite, a partir de terça-feira, para acolher sem-abrigo devido às baixas temperaturas, informou esta segunda-feira a Câmara Municipal. A partir de terça-feira, "e enquanto se registarem estas temperaturas abaixo dos três graus, estarão abertas, durante o período da noite, a estação do Metro do Rossio, do Intendente, do Saldanha, da gare do Oriente e do Colombo", disse à agência Lusa o vereador da Proteção Civil, Carlos Manuel Castro.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.