sicnot

Perfil

País

Homem suspeito de ter matado jovem em Aljezur foi detido na Roménia

(Arquivo)

© Mariana Bazo / Reuters

Um homem suspeito de ter matado uma jovem em dezembro de 2014 em Aljezur, no Algarve, foi detido na terça-feira na Roménia, no âmbito de um mandado de detenção europeu, anunciou esta quarta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ indicou que o homem, de 35 anos, "está fortemente indiciado pelo homicídio da sua enteada, uma rapariga, de 16 anos, crime que ocorreu em dezembro de 2014, em Aljezur, num quadro de extrema violência física, tendo o suspeito ocultado o cadáver, no sentido de destruir elementos de prova e encetado a fuga".

O suspeito foi detido pelas autoridades romenas no âmbito de um mandado de detenção europeu emitido pelo Ministério Público de Lagos, na sequência da investigação desenvolvida pelo Departamento de Investigação Criminal de Portimão da PJ.

"Foram acionados os mecanismos de cooperação judiciária e policial internacional e desenvolvidos contactos entre a Polícia Judiciária e a polícia romena, os quais conduziram à detenção do suspeito na Roménia", lê-se no comunicado. O homem, de nacionalidade romena, é o presumível autor da morte de Bruna Nunes, de 16 anos, cujo corpo foi encontrado três dias depois do seu desaparecimento, com as mãos atadas e sinais de ter sido asfixiada, num terreno baldio em Aldeia Velha, no concelho de Aljezur, no Algarve.

O detido, que vivia com a mãe da jovem, na freguesia do Rogil, naquele concelho algarvio, abandonou a residência dois dias depois do desaparecimento da adolescente, que estudava na cidade de Lagos e era atleta de patins em linha. O detido vai ser presente às autoridades judiciais romenas com vista à sua entrega a Portugal.

Lusa

  • Incêndio lavra na Serra da Estrela
    1:44
  • Ribeira de Pena passa noite em claro
    1:32

    País

    Em Vila Real, as chamas levaram ontem ao corte da A7, no troço entre Ribeira de Pena e o Arco de Baúlhe. Foi uma noite em claro, com vários focos de incêndio.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38