sicnot

Perfil

País

Hospitais bloqueiam acesso à consulta de obesidade para reduzir tempos de espera, denuncia Adexo

Primeiro restaurante nudista do Japão não admite clientes com excesso de peso

© Regis Duvignau / Reuters

O presidente da Associação de Obesos e Ex-Obesos (Adexo) acusa os hospitais de estarem a bloquear o acesso à primeira consulta de obesidade para conseguirem reduzir as listas de espera para cirurgia.

Na comissão parlamentar de saúde, Carlos Oliveira denunciou que só estão a ser realizadas entre 1.800 e 2.000 operações por ano, quando deviam estar a ser feitas quatro mil.

O presidente da Adexo deu como exemplo o Hospital de Évora, que tem mais de 400 dias de espera.

Carlos Oliveira disse que os hospitais alegam estar a reduzir os tempos de espera, quando na realidade estão a bloquear o acesso à primeira consulta.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.