sicnot

Perfil

País

Bicicletas partilhadas de Lisboa estarão a funcionar em toda a cidade em junho

© Reinhard Krause / Reuters

O presidente da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) apontou esta quarta-feira que a rede de bicicletas partilhadas irá iniciar a sua fase de teste em março ou abril, estando a funcionar em pleno em junho.

."Temos tudo preparado para que em março ou abril tenhamos o ponto de teste das bicicletas partilhadas montado na Expo", afirmou Luís Natal Marques no seminário "Mobilidade e Qualidade de Vida nas Cidades", que decorreu hoje em Lisboa. Segundo o presidente da EMEL, "em junho será possível ter as 1.400 bicicletas a funcionar em toda a cidade".

Em outubro, Natal Marques explicou à agência Lusa que este projeto iria começar por funcionar numa zona piloto, nomeadamente o Parque das Nações, por ser uma zona "mais contida da cidade".

Em causa está uma rede de 1.410 bicicletas (940 elétricas e 470 convencionais) distribuídas por 140 estações: 92 no planalto central da cidade, 27 na baixa e frente ribeirinha, 15 no Parque das Nações e seis no Eixo Central (que abrange as avenidas Fontes Pereira de Melo e da Liberdade).

Em outubro de 2015, a EMEL lançou um concurso público para "aquisição, implementação e operação do Sistema de Bicicletas Públicas Partilhadas na cidade de Lisboa", com um valor base de 28,9 milhões de euros e um prazo contratual de 108 meses (nove anos). Após a exclusão por questões formais das dez candidaturas apresentadas - que eram, essencialmente, de empresas estrangeiras -, a EMEL decidiu lançar um novo concurso, que resultou na escolha da empresa "Órbita".

Em outubro, o responsável frisou que "a concorrência" levou a que o preço base do concurso baixasse em 20% para 23,09 milhões de euros.Hoje, Luís Natal Marques salientou que "os 23 milhões de euros não são só para comprar as bicicletas". "É para isso, para aquisição do sistema e para manutenção" durante os nove anos, disse.

Durante a sua intervenção, o responsável avançou também que "a Madragoa vai passar a ser uma zona de acesso limitado" a automóveis, à semelhança do que já acontece noutras zonas da cidade. Também presente no seminário que assinalou os 25 anos da Fernave (Formação Técnica, Psicologia Aplicada e Consultoria em Transportes e Portos), o vereador da Mobilidade de Proximidade da Câmara Municipal de Lisboa apontou que o município tem "apostado nos novos modos suaves" de transporte.

Na opinião de Carlos Castro, o recém-inaugurado Eixo Central, que conta agora com uma ciclovia bidirecional, é um dos exemplos na cidade que "mostra a capacidade de as pessoas usarem a bicicleta". "Estamos a garantir condições para que as pessoas possam usar o modo de transporte que quiserem", apontou, advogando que "às vezes é mais fácil chegar a certos pontos da cidade de bicicleta do que de transportes públicos".

Sobre os transportes públicos, Carlos Castro vincou que este é um setor onde "há falta de qualidade". Por isso, perante responsáveis da Comboios de Portugal, da EMEL e da Carris, o autarca defendeu que "ninguém ganha nada com a concorrência" entre estas entidades, e que é "necessária articulação". "Temos de deixar a logística dos corporativismos institucionais e pensar nos interesses das pessoas", observou, defendendo reuniões periódicas entre diversas instituições de mobilidade.

Em resposta, o presidente da Carris, Tiago Farias, partilhou a ideia de que "não se chega a bom porto sem a partilha de experiências, ideias, equipamentos e espaço público", nem "sem proximidade".No seguimento, o responsável questionou, porém, "quantas vezes reuniu a Câmara de Lisboa com a Carris nos últimos 20 anos? Eu diria cinco vezes, e assim não se partilha nada".

Lusa

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Madonna despede-se: "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso!

    Cultura

    "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso! Mal posso esperar para voltar um dia e descobrir todos os teus segredos." Foi com estas palavras que Madonna se terá despedido esta sexta-feira de Portugal. Juntamente com a mensagem, a cantora publicou ainda uma fotografia no Estádio do Benfica.

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.